Prefeito participa de debate sobre a retomada econômica do Rio de Janeiro

Publicado em 18/06/2021 - 16:34 | Atualizado
Encontro reuniu secretários municipais, autoridades internacionais e representantes do setor produtivo - Ricardo Cassiano/Prefeitura

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, participou nesta sexta-feira (18/06) do debate “Desafios e oportunidades para a cidade do Rio de Janeiro”, realizado na Casa Firjan, em Botafogo. O evento, promovido pela Prefeitura do Rio, pela Firjan e pela Câmara de Comércio França-Brasil, reuniu autoridades municipais, internacionais e representantes de multinacionais para debater a retomada econômica da cidade no pós-pandemia.

O objetivo foi discutir diagnósticos, estratégias e projetos relacionados à governança, inovação e desenvolvimento sustentável da economia carioca, a partir da visão e das iniciativas da esfera pública e do setor produtivo. Em seu discurso, Paes ressaltou o otimismo com o avanço da vacinação no Rio e o futuro da cidade, apesar dos desafios.

– A nossa mensagem para a Firjan e para os empresários franceses é que continuem a acreditar no Rio, porque vamos fazer a cidade voltar a dar certo, avançar e a ter bons exemplos no cenário político-econômico nacional. Chega de ser mau exemplo. Queremos dar essa virada e, com a ajuda da Firjan e da Câmara França-Brasil, vamos conseguir o nosso objetivo – declarou Paes, que definiu o Rio como uma cidade com enorme potencial e amigável aos negócios.

O debate contou também com a presença de cinco multinacionais francesas de diversos segmentos: infraestrutura de energia, transporte, beleza, hotelaria e turismo. Segundo dados da Firjan, a França é o país que mais investe no Estado do Rio – nos últimos anos foram R$ 21,8 bilhões, de um total de R$ 50 bilhões em investimentos no Brasil.

– A França tem uma parceria histórica com o Brasil e responde por um dos maiores volumes de investimentos estrangeiros diretos no país, nas mais diversas áreas. No Rio, essa parceria se dá ainda com a presença marcante da cultura francesa na cena cultural da cidade. Por tudo isso, só temos motivos para celebrar este momento e reforçar a importância das companhias francesas no processo de retomada dos investimentos no Rio – afirmou o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira.

 

Paes adotou um tom otimista com o avanço da vacinação do Rio e o futuro da cidade – Ricardo Cassiano/Prefeitura

 

O encontro trouxe uma visão global dos desafios fiscais e estratégias para a retomada econômica. O presidente da Câmara de Comércio França-Brasil, Patrick Sabatier, destacou que o Rio está de volta e as empresas francesas querem estar presentes neste momento.

– É um orgulho participar desse debate. É um marco para colocar em destaque as diversas e múltiplas oportunidades que o Rio vem oferecendo. O Brasil é o principal parceiro da França na América Latina e a França é o terceiro investidor no Brasil. Trata-se de um compromisso de longo prazo assumido pelas empresas francesas, representadas pela Câmara de Comércio e Indústria França-Brasil – afirmou Patrick Sabatier, que também é vice-presidente da L’Oréal Brasil.

Ainda participou da abertura do evento a embaixadora da França no Brasil, Brigitte Collet, que em mensagem de vídeo destacou os laços que unem o seu país e o Rio e previu um futuro promissor para todos.

Ao término da abertura, os debates foram divididos em três painéis. No primeiro, “Economia, Sustentabilidade e Governança”, as autoridades municipais deram um panorama do que vem sendo preparado a curto e médio prazo, enquanto multinacionais francesas abordaram ações sustentáveis em prol do Rio.

– Com austeridade e medidas disciplinantes e corajosas, começamos a reorganizar a casa. Sustentabilidade econômica e fiscal é a base. No ambiente público também. Sem dinheiro, não se consegue fazer políticas públicas. Não se consegue incentivar empresas a fazer investimentos na cidade. Vamos recuperar estruturalmente as finanças da nossa cidade – frisou o secretário municipal de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo.

O secretário municipal de Governo e Integridade Pública, Marcelo Calero, falou da importância de tornar o processo público mais republicano a todos os cidadãos e os serviços da Prefeitura mais eficientes.

– A Prefeitura do Rio terá as melhores práticas e será exemplo para as demais prefeituras. Temos a visão de que a Integridade tem que trabalhar na mitigação de riscos. Não queremos ter o papel correcional. Isso já cabe a outros órgãos municipais. Devemos empregar muitas práticas já utilizadas no meio privado na Prefeitura – comentou.

Para o secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere, na gestão do prefeito Eduardo Paes, a pauta ambiental retoma o seu protagonismo no Rio.

– Na última semana de março de 2022, a cidade vai sediar a Rio+30 Cidades, garantindo que a gente sinalize pro mundo que o Rio sempre foi e vai continuar sendo protagonista na pauta climática, preocupada com o meio ambiente.

No segundo, “GovTech”, foi debatido como a tecnologia pode contribuir para inventar e inovar métodos que impactam positivamente a atuação dos setores público e produtivo. Alexandre Cardeman, assessor especial do Centro de Operações Rio, citou que o a instituição, desde a sua inauguração, em 2010, sempre teve uma visão de Smart City (cidade inteligente).

– A gente vem trabalhando em cima de integração e relacionamento de dados, com o objetivo de que ela continue sendo referência nacional e internacional.

Já no terceiro painel, intitulado “Desenvolvimento e Eventos”, o objetivo foi discutir como o Rio poderá se reinventar em termos urbanos e na economia turística, criativa e digital. O secretário municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, falou sobre o projeto Reviver Centro, plano para atrair novos moradores e estimular a recuperação urbanística, social e econômica da região central, impactada pela pandemia.

– O Centro do Rio é uma cidade de 5 minutos. Saindo de uma estação de metrô, trem ou VLT você acessa em uma caminhada de 5 minutos a restaurantes, museus, comércios. Tem-se de tudo ali – reforçou.

 

  • 18 de junho de 2021