Prefeito participa da apresentação do projeto de revitalização do prédio do Ginástico Português

Publicado em 27/07/2021 - 14:33 | Atualizado em 27/07/2021 - 14:49
Paes: Projeto traz uma nova perspectiva sobre o Centro da cidade - Beth Santos/Prefeitura do Rio

O prefeito Eduardo Paes participou nesta terça-feira (27/07) da apresentação do projeto de revitalização do prédio do Ginástico Português, no Centro da cidade. O imóvel passará por reforma para abrigar atividades artísticas, restaurante, cafeteria, biblioteca, cinema ao ar livre e mirante, com inauguração prevista para 2023. A transformação do edifício na Avenida Graça Aranha já é um dos reflexos da aposta dos empresários no Plano Urbano Reviver Centro, programa da Prefeitura que  pretende promover a recuperação urbanística, social e econômica dos bairros da região central do Rio.

 

– Isso aqui é um presente para a cidade. Vim, em nome dos cariocas, agradecer à Fecomércio RJ por essa aposta no Centro do Rio. O Clube Ginástico Português tem muito a ver com a história do Rio, do Brasil, e é um projeto belíssimo, misturando cultura, esporte e, principalmente, trazendo uma nova perspectiva sobre o Centro da cidade – disse o prefeito.

 

O novo Sesc Ginástico, além do tradicional teatro, passará a ocupar toda a edificação da antiga sede do Clube Ginástico Português.  Elaborado pelo escritório Larq, o projeto arquitetônico  vai preservar as características do estilo Art Déco do prédio, mas todos os ambientes serão reformados para se transformarem num novo centro de cultura, lazer e educação.

 

– A reforma atende a uma demanda importante dos cariocas, que é a revitalização do Centro da cidade. Com a oferta de uma ampla gama de serviços do Sesc RJ, esperamos movimentar a região e contribuir com os esforços que a Prefeitura vem realizando para atrair moradores para o local, além de proporcionar qualidade de vida à população carioca – explicou o presidente do Sistema Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior.

 

O secretário municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, elogiou a iniciativa da Fecomércio RJ.

 

– Temos aqui um grande dia para a nossa cidade, com a possibilidade de recuperação desse espaço cultural, educacional e institucional, que com certeza vai ser o epicentro da transformação da região central  do Rio. Aqui a gente começa um marco importante do projeto Reviver Centro.

 

A cerimônia de apresentação do projeto contou também com a presença dos secretários municipais de Governo e Integridade Pública, Marcelo Calero; de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação, Chicão Bulhões; e de Ciência e Tecnologia, William Coelho.

 

Reviver Centro

O conjunto de leis que instituiu o Plano Urbano Reviver Centro prevê, entre outras medidas, incentivos fiscais e edilícios e permissões de novos usos para fomentar a construção de moradias e o retrofit de prédios comerciais ociosos na região central da cidade, convertendo-os em edifícios de uso residencial ou misto. O projeto também vai estabelecer diretrizes para a gestão, qualificação e manutenção do espaço público e dos bens históricos de uma área de 5,72 quilômetros quadrados.

O Reviver Centro tem na construção de novas moradias e na transformação de uso de prédios comerciais para residenciais ou mistos o carro-chefe para atrair moradores para a região, aproveitando o grande potencial já construído e terrenos vazios e sem uso há décadas. O objetivo é, ao trazer novos habitantes,  estimular a movimentação social e econômica na região.

  • 27 de julho de 2021