Painel Rio Covid-19 completa um ano com novos dados sobre a doença na cidade

Publicado em 19/03/2021 - 16:24 | Atualizado
O Painel Rio Covid-19 concentra as principais informações, como a quantidade de infectados, índice de letalidade do vírus, número de óbitos, de recuperados, de vacinados - Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Na condução da batalha contra o coronavírus, a Prefeitura do Rio conta com o Painel Rio Covid-19 como uma ferramenta fundamental para manter a informação sobre a doença e seus desdobramentos atualizados. Completando um ano nesta sexta-feira (19/03), o painel tem se mostrado também importante para ajudar a população a entender a evolução da pandemia. O acesso é público, atualizado diariamente, e pode ser visto através do link http://prefeitura.rio/coronavirus. O layout da página ficou mais limpo e mais fácil de visualizar as informações. Além disso, foram introduzidos dois grupos importantes de dados: um relativo à campanha de vacinação e, o outro, ao mapa de avaliação de riscos por Regiões Administrativas.

Desde o início do Painel, o número total de acessos até agora foi de 4.095.395. Só neste ano foram 366.926. Gerido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com o Instituto Pereira Passos (IPP), a ferramenta usa recursos da tecnologia de geoprocessamento para tornar mais fácil e intuitiva a divulgação dos números evolutivos da pandemia e da campanha de vacinação na cidade. A página concentra as principais informações, como a quantidade de infectados, índice de letalidade do vírus, número de óbitos, de recuperados, de vacinados, entre outros dados, com parte deles georreferenciados em mapas. As informações podem ser visualizadas para todo o município ou, ainda, filtradas por região.

– O Painel Rio Covid-19 é uma ferramenta primordial. É de fácil configuração para nós técnicos ajustarmos e carregarmos as informações relevantes, e muito intuitiva para o usuário, que pode navegar com facilidade e acessar os dados disponíveis. Afinal, informação e transparência são fundamentais para a conscientização da população sobre o problema da pandemia. Quando a pessoa sabe o que está ocorrendo na sua cidade, consegue perceber a gravidade da situação a sua volta, fica mais fácil aceitar as orientações das autoridades sanitárias e aderir às medidas de proteção à vida. E para vencermos essa pandemia, precisamos da participação de todos – afirma Márcio Garcia, superintendente de Vigilância em Saúde do Município do Rio.

 

O acesso à ferramenta é público, com informações atualizadas diariamente – Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

 

O painel foi criado com base em tecnologia SIG ( Sistema de Informações Geográficas), responsável por agrupar e cruzar as informações oficiais com insumos geográficos. No Rio, a tecnologia é base do Sistema Municipal de Informações Urbanas (Siurb), ferramenta de gestão de dados coordenada pelo IPP e usada por toda a Prefeitura.

– Ao longo da pandemia o painel foi sendo aperfeiçoado, incluindo dados a partir da demanda da SMS e da sociedade por transparência. A partir do trabalho da secretaria, o painel ganhou uma vestimenta em que, além dos dados da evolução da pandemia, a grande novidade é o acompanhamento da vacinação, com atualização bastante rápida – ressalta o diretor executivo do IPP, Carlos Krykhtine.

  • 19 de março de 2021