Ordem Pública prende homem que apresentou procuração falsa para retirar veículo do depósito da Prefeitura

Publicado em 11/06/2021 - 19:59 | Atualizado

Agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) prenderam na quinta-feira (11/06) um advogado de 76 anos que apresentou uma procuração falsa. O documento, em nome de uma pessoa que já tinha morrido, seria usado para retirar veículo do depósito da Prefeitura do Rio, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste da cidade.

Após atendimento e recebimento da procuração, os agentes identificaram algumas irregularidades, entre elas a falta de autenticação do documento de identidade. Para este tipo de serviço, além da procuração, deve ser apresentada identidade original ou cópia autenticada em cartório. O homem foi conduzido para a delegacia e lá foi constatado que o documento era de uma pessoa que tinha morrido em outubro de 2017.

Além disso, verificaram também que não era a primeira vez que ele tentava retirar veículo do depósito com documentação falsa. Com procuração em nome de uma mulher que tinha morrido em maio de 2020, ele também esteve no depósito em fevereiro. Autuado por estelionato na forma tentada e consumada, o homem ficou detido.

Como funciona a retirada de veículos do depósito

Veículos em nome de pessoa física só podem ser retirados do depósito pelo proprietário; pai, mãe e filho (a) do dono, com documento oficial com foto do proprietário; cônjuge ou parceiro com união estável comprovada e documento oficial com foto do proprietário; e representante por Procuração de Instrumento Público ou Procuração por instrumento particular para retirada com advogado.

Caso o dono do veículo tenha falecido, é permitida a retirada com Procuração por Instrumento Público com autorização de todos os herdeiros.

As instruções para retiradas de veículos estão no site da Seop: http://bit.ly/ConsultaVeiculoSeop

  • 11 de junho de 2021