Operação de fiscalização fecha estacionamento irregular em área de proteção ambiental no Recreio

Publicado em 26/01/2021 - 09:51 | Atualizado em 26/01/2021 - 10:44
  • Início/
  • /
  • Operação de fiscalização fecha estacionamento irregular em área de proteção ambiental no Recreio
A capacidade do estacionamento ilegal era de aproximadamente 70 veículos - Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio de uma operação conjunta da Secretaria de Meio Ambiente com a Ordem Pública, Guarda Municipal e Rio-Águas, e o apoio do 31º Batalhão da PM, fechou, nesta terça-feira (26/01), um estacionamento irregular que funcionava em área pública, na embocadura do Canal do Rio Morto com a Praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes.

 

O estacionamento irregular funcionava na embocadura do Canal do Rio Morto com a Praia da Macumba – Divulgação/Prefeitura do Rio

 

O estacionamento funcionava desde 2017, mesmo com várias notificações que exigiam a paralisação da atividade. Os invasores quebraram a mureta de separação entre a pequena servidão da Estrada do Pontal e as margens do canal. Eles cobravam uma taxa de R$ 20,00 por veículo estacionado. A capacidade do estacionamento ilegal era de aproximadamente 70 veículos.

A atividade não tinha alvará de funcionamento, estava em área pública, em Faixa Marginal de Proteção do Rio Morto e dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) de Grumari, não podendo ser o terreno utilizado para nenhuma finalidade, a não ser como área de manobra das máquinas que fazem o desassoreamento do Canal do Rio Morto. A APA tem 966,32 hectares e foi criada por decreto municipal, em 1986.

– Mais um crime ambiental sendo combatido. Vamos reverter o vale-tudo que só beneficia as atividades econômicas ilegais – disse o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere.

  • 26 de janeiro de 2021