Operação de combate a ferros-velhos avança na Zona Sul do Rio

Publicado em 12/05/2022 - 12:56 | Atualizado
Um ferro-velho foi interditado no bairro de Ipanema - Divulgação

Após mapeamento dos ferros-velhos realizado pela Subprefeitura da Zona Sul, as equipes da Prefeitura do Rio, lideradas pela Secretaria de Ordem Pública (Seop), e com apoio da Polícia Civil, realizaram, na manhã desta quinta-feira (12/5), uma operação para combater os estabelecimentos irregulares na região. Foram detectados pelo menos 16 ferros-velhos na Zona Sul, sendo oito em comunidades e oito no asfalto.

Na rua Saint Roman, no acesso às comunidades do Pavão/Pavãozinho e Cantagalo, um estabelecimento foi totalmente interditado em razão de adquirir bens e produtos de crime. Foi determinada a fixação do “Edital de Interdição” na entrada do local, visando dar publicidade e coibir a chegada de novos materiais.

 

– Nosso objetivo é combater as irregularidades e frear a prática de furtos de materiais como alumínio, cobre, ferro, entre outros, algo que vem crescendo de forma assustadora na região. As operações vão continuar – disse Flávio Valle, subprefeito da Zona Sul.

 

Além da comercialização de produtos oriundos de furtos, as equipes da Prefeitura também encontraram no mesmo estabelecimento ligações ilegais de água e energia. Durante a operação, um caminhão de compra e venda de ferro-velho, sem autorização, também foi apreendido, na esquina da Avenida Nossa Senhora de Copacabana com Domingos Ferreira, em Copacabana. O veículo estava repleto de material.

 

– Desde o ano passado estamos atuando com muita firmeza na fiscalização de ferros-velhos, pois sabemos que esse é o caminho dos cobres, fios e materiais furtados na cidade. Continuaremos trabalhando para prevenir esses crimes e colaborarmos com a segurança pública – destacou o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

  • 12 de maio de 2022
  • Skip to content