Inauguração da Árvore da Lagoa terá patrulhamento com 135 guardas municipais

Publicado em 12/12/2019 - 12:51 | Atualizado em 14/12/2019 - 14:20
Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas. Foto de arquivo: Michel Filho / Prefeitura do Rio2Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas. Foto de arquivo: Michel Filho / Prefeitura do Rio

A Guarda Municipal do Rio montou esquema especial de patrulhamento com 135 guardas municipais para a inauguração da Árvore de Natal da Lagoa, na Zona Sul da cidade, que acontecerá a partir das 19h deste sábado, dia 14. Após a inauguração, as equipes vão permanecer atuando nos finais de semana e nos feriados no entorno do equipamento, que é considerado um dos maiores eventos anuais da cidade.

O planejamento operacional terá início às 14h com ações preventivas de ordenamento urbano e de trânsito, com a implantação de bloqueios e interdições, além da coerção a irregularidades. Agentes atuarão em diversos trechos da Avenida Epitácio Pessoa e também no entorno das estações de metrô General Osório e Cantagalo, em Ipanema, que dão acesso à Lagoa. Nesses trechos, para promover maior sensação de segurança ao público, o patrulhamento será realizado por equipes do Grupamento de Cães de Guarda (GCG), com emprego de seis animais.

LEIA TAMBÉM: Estacionamento será proibido no entorno da Lagoa a partir desta sexta, 13 de dezembro

Também participam da operação guardas municipais dos grupamentos especiais de trânsito (GET), Tático Móvel (GTM), de Guardas Motociclistas (GGM) e de Operações Especiais (GOE), que ainda atuarão na água em um bote. As equipes contarão com o apoio de viaturas, motocicletas e rádios de comunicação.

Além das ações de ordenamento urbano e de trânsito, os guardas municipais também vão orientar os espectadores sobre a travessia de pedestres em locais seguros, e também coibir flagrantes de delitos.

A Guarda Municipal orienta a população sobre a importância de se priorizar o transporte público no deslocamento até a Árvore, para auxiliar a fluidez do trânsito e também evitar infrações de trânsito, como o estacionamento irregular, que podem levar a remoção de veículos para o depósito da prefeitura.