Conscientização: No segundo dia de ações, Prefeitura inspeciona 45 estabelecimentos, notifica sete e interrompe três festas clandestinas

Publicado em 17/01/2021 - 14:53 | Atualizado em 17/01/2021 - 16:39
Sete estabelecimentos foram notificados no segundo dia de operações - Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura fez neste sábado (16/01), segundo dia das ações integradas para conscientização das medidas de proteção à vida da Secretaria Municipal de Saúde, 45 inspeções a estabelecimentos – com sete notificações sanitárias – e encerrou três festas clandestinas em diversos pontos da cidade. A operação, que continua neste domingo (17/01), incluindo na área de lazer do Aterro do Flamengo, acontece em locais de alto risco de alerta para Covid-19. Desde a noite de sexta-feira (15/01) até a madrugada deste domingo, foram 78 estabelecimentos inspecionados, três interditados (sendo duas casas de festas clandestinas) e 19 autos de infração sanitária lavrados.

O objetivo das operações, nesse momento, é orientar o público e proprietários quanto às normas de prevenção, além de corrigir situações flagradas, aplicando multa nos casos de descumprimento das orientações – resultando, até agora, em 19 autos de infração emitidos pelos fiscais do Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa).

Festas clandestinas são interditadas

Somente no sábado, agentes do Ivisa fizeram duas interdições por funcionamento clandestino: “Ilha Sunset”, na Ilha do Ipê, na Barra; e “Churrasco Abençoado”, em Bangu, ambos na Zona Oeste. No mesmo dia, outro evento sem autorização – o “Xoxo” –, que também ocorria na região da Gigoia, foi interrompido pela Guarda Municipal. Na véspera, guardas municipais encerraram encontro gospel realizado nas areias da praia da Barra da Tijuca.

 – Sem prejuízo das ações de conscientização, a Prefeitura do Rio não vai abrir mão de impedir eventos que contrariam as medidas de proteção à vida que estão em vigor. Esse trabalho é preventivo, para salvar vidas. Precisamos da colaboração de todos para reduzir os índices de vítimas da Covid-19 – declarou o secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Os comboios integrados pela Secretaria de Ordem Pública (Seop) com equipes da Defesa Civil, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, e apoio da Polícia Militar, percorreram, desde o início da operação, áreas comerciais de 16 bairros: Méier, Tijuca, Vila Isabel, Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo, Bangu, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Lapa, Ilha do Governador, Lagoa, Largo do Machado e Aterro do Flamengo (área de lazer).

A Prefeitura divulgou nesta sexta-feira o segundo boletim epidemiológico da covid-19. No relatório, 28 regiões administrativas estão na faixa de risco alto para a doença e cinco outras têm classificação moderada.

 

Prefeitura divulga segundo boletim epidemiológico da Covid-19

 

Prefeitura interdita evento de música eletrônica na Ilha do Ipê, na Barra da Tijuca

  • 17 de janeiro de 2021