Comlurb explica como são feitas as podas de árvore na cidade

Publicado em 13/01/2020 - 16:18 | Atualizado em 13/01/2020 - 19:04
Garis podam árvore em CopacabanaGaris podam árvore em Copacabana. Foto: Marco Antonio Rezende/ Prefeitura do Rio

Poda de árvore é um tema que costuma gerar perguntas na população. No Rio, é a Comlurb que presta esclarecimentos ao cidadão. Segundo a companhia, todos os trabalhos realizados da cidade só são executados mediante laudo emitido por seus engenheiros florestais e agrônomos após vistoria, atestando a necessidade. Todos os garis que atuam nesta área são habilitados por meio de cursos com esses profissionais, e os serviços seguem as orientações deles. A companhia prioriza os locais onde os galhos estão em conflito com fachadas, com a iluminação pública e com a sinalização (semáforos e placas de trânsito) ou risco de queda. Quando a árvore está afetando a rede elétrica, a Comlurb atua com apoio da Light. E elas são removidas quando há risco de queda ou problemas relacionados a pragas.

Turno extra para atender a demandas

Com o objetivo de ampliar o atendimento à população, foi criado um terceiro turno de operação, das 22h às 6h. A equipe realiza atendimentos emergenciais e podas em locais nos quais não é possível fazer o trabalho durante o dia, em função do grande fluxo de veículos e pedestres. Mensalmente, a Comlurb envia para a Fundação Parques e Jardins (FPJ) a relação de endereços onde são efetuadas remoções e destocas (retirada do tronco) para que a Fundação analise a possibilidade e providencie o replantio.