Cerca de 15 mil pessoas serão beneficiadas com o Programa Cuidar da Cidade iniciado hoje em Realengo

Publicado em 26/12/2019 - 09:07 | Atualizado em 26/12/2019 - 09:14
A praça local da comunidade está recebendo cuidados especiais. Foto: Cíntia Ladeira/ Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acompanhou nesta quinta-feira, 26 de dezembro, o início das ações do Cuidar da Cidade na Vila João Lopes, em Realengo, na Zona Oeste. O programa de zeladoria faz o atendimento com base nos chamados feitos por moradores à Central 1746. Nesta 45ª edição do mutirão de órgãos e secretaria municipais, a maioria das demandas está relacionada a asfaltamento. O programa também inclui serviços como poda de árvores, drenagem e pavimentação, combate a vetores, limpeza, iluminação pública e mobiliário urbano. A expectativa é que pelo menos 15 mil moradores sejam atendidos nas principais ruas, entre elas, Sebastião Lan, Pedro Teixeira e Santos Dias.

– Vamos também arrumar esses postes com fiações desalinhadas. A Comlurb está aqui com força total. Enfim, vamos atender às principais reclamações dessa comunidade. Os servidores só sairão daqui quando deixá-la bem bonita e arrumada – afirmou Crivella.

Os moradores acordaram com o ronco dos motores das máquinas e caminhões da Prefeitura.

– Só tenho a agradecer por esses serviços. É sinal que o Governo Municipal está realmente olhando pela nossa comunidade. Quando falaram que ia ter serviços aqui entre o Natal e Ano Novo, eu não acreditei. E agora estou vendo acontecer. É uma alegria para nós – disse Carlos Eduardo de Souza.

 

Recapeamentos em ruas e calçadas fazem parte do mutirão Cuidar da Cidade em Realengo. Foto: Cíntia Ladeira/ Prefeitura do Rio

Mais sobre o Cuidar da Cidade

Desde que o programa de zeladoria foi criado, em janeiro deste ano, diversas áreas em dezenas de bairros já foram beneficiadas por mais de 30 mil ações.Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Casa Civil, em conjunto com o Centro de Operações Rio (COR) e a Central 1746, o mutirão de zeladoria estabelece um calendário de ações que mobiliza órgãos municipais como a Subsecretaria de Conservação; as secretarias de Saúde e Educação; Comlurb; Rioluz; FundaçãoParques e Jardins; CET-Rio; Vigilância Sanitária e Guarda Municipal.

O programa Cuidar da Cidade já passou pelas seguintes regiões:

ZONA NORTE:

– Tijuca/Praça Afonso Pena

– Tijuca/Praça Saens Peña

– Ilha do Governador/Ribeira /Praia da Bandeira/Freguesia

Ilha do Governador/Pitangueiras

– Rocha Miranda

– Méier

– Vigário Geral

– Pavuna

– Penha

– Catumbi

ZONA OESTE:

– Bangu

– Padre Miguel

– Santa Cruz

– Santa Cruz/ Cesarão

– Campo Grande

– Cidade de Deus

– Inhoaíba

– Campo Grande / Conjunto da Marinha

– Vila Valqueire

– Pechincha

– Paciência

– Anil

– Realengo

– Recreio dos Bandeirantes

– Cosmos

– Taquara

– Vargem Grande

ZONA SUL:

– Leblon