Campanha do Lourenço Jorge atinge número recorde de doadores de sangue

Publicado em 14/10/2020 - 17:33 | Atualizado em 14/10/2020 - 17:46
Ao todo, compareceram 111 pessoas interessadas em ajudar e foram coletadas 84 bolsas de sangue. Foto Nelson Perez/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu hoje, dia 14, campanha de doação de sangue no Hospital Municipal Lourenço Jorge. Esta foi a 21ª edição da campanha na unidade, que contou com a parceria do Hemorio, e tinha o objetivo de aumentar os estoques do banco de sangue na rede de saúde pública, já que há risco de desabastecimento, por conta da pandemia da Covid-19. A ação foi um sucesso, e a meta da campanha, que era de atrair pelo menos 100 doadores, foi ultrapassada e um novo recorde foi atingido na unidade. Ao todo, compareceram 111 pessoas interessadas em ajudar e foram coletadas 84 bolsas de sangue.

O diretor do hospital, Dr. Daniel Giani reforçou a importância da ação e da mobilização da população, fundamentais para manutenção dos estoques dos bancos de sangue em níveis adequados. “No momento, os hospitais estão enfrentando queda nas reservas de hemocomponentes, com os estoques chegando a um nível crítico e necessitando urgentemente de novas doações. A ação de hoje vai colaborar para o abastecimento de diversos hospitais da rede pública do estado do Rio e nos ajudar a salvar centenas de vidas. Ser um doador voluntário é um ato de solidariedade e amor ao próximo – explicou o médico.

Doar sangue é seguro e rápido. O voluntário passa por uma pré-triagem, para verificar se está apto à doação. São coletados até 450 ml de sangue, que são armazenados em uma bolsa produzida com materiais e soluções que permitem a preservação do material. Os homens podem doar a cada 60 dias, sendo no máximo quatro vezes ao ano. Já as mulheres podem doar a cada 90 dias, no máximo três vezes ao ano.

Além das campanhas realizadas nos hospitais de emergência, quem tiver interesse em doar sangue pode, a qualquer dia, procurar o Hemorio, localizado na Rua Frei Caneca, 8, no Centro do Rio, diariamente, incluindo fins de semana e feriados, das 7h às 18 h. Para doar sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar com a autorização, ter mais de 50 kg. Pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercings e mulheres em fase de amamentação deverão aguardar um ano para poder doar sangue. Já quem tem alguma doença transmissível não poderá participar. Para mais informações acesse: http://www.hemorio.rj.gov.br/Html/Doacao_doe.htm.