Biblioteca com mais de 10 mil livros no acervo é reinaugurada em Campo Grande

Publicado em 28/11/2019 - 10:49 | Atualizado em 28/11/2019 - 10:55
Biblioteca Manuel Ignácio da Silva é reinaugurada em Campo Grande - Marco Antônio Rezende/Prefeitura do Rio

A Prefeitura  reinaugurou nesta quinta-feira, dia 28 de novembro, a Biblioteca Manuel Ignácio da Silva, em Campo Grande, na Zona Oeste.  O equipamento cultural, no centro comercial do bairro, foi entregue à população totalmente reformado. O novo endereço fica na Avenida Amaral Costa, 140, a cerca de 10 minutos da estação de trem e próximo ao calçadão.

O novo prédio possui dois pavimentos e um espaço especial dedicado às crianças. Com um acervo de mais de 10 mil livros, a Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga contribui com a formação de leitores do bairro desde 1952, levando conhecimento, cultura e arte para os moradores.

Para o secretario municipal de Cultura, Adolfo Konder, o novo espaço cumpre com um dos principais pilares da atual gestão.

– Uma das minhas missões à frente da pasta da Cultura é a democratização do acesso à leitura, aos equipamentos culturais e à programação da cidade. É preciso que a arte esteja ao alcance de todos os cidadãos cariocas. O morador da Zona Oeste recebe hoje um importante espaço de difusão do conhecimento, onde além do acesso ao livro, a Prefeitura promove saraus, atividades e encontros com autores. Esse conjunto de experiências favorece a aprendizagem e amplia horizontes do ser humano – afirmou o secretário.

A subsecretária de Cultura, Danielle Barros, também destacou a importância da nova localização.

– Temos várias escolas aqui no entorno, comércio também, além de ser um lugar bem movimentado. O trabalhador que quiser passar na hora do almoço e desestressar, pegar um livro e levar pra casa, o estudante que quiser um local calmo para estudar, enfim, todos serão bem-vindos – disse.

A biblioteca tem um acervo de mais de 10 mil livros – Marco Antônio Rezende/Prefeitura do Rio

Para a gerente da Biblioteca, Flávia Ribeiro, o novo local traz a expectativa de casa cheia.

– Queremos realizar eventos culturais com mais frequência e tornar a biblioteca um importante espaço para preservação da memória do bairro.

O equipamento cultural foi entregue à população totalmente reformado – Marco Antônio Rezende/Prefeitura do Rio
O novo prédio possui um espaço especial dedicado às crianças – Marco Antônio Rezende/Prefeitura do Rio