Servidores doam sangue em campanha promovida pela Prefeitura para reforçar estoque do Hemorio

Publicado em 03/02/2022 - 16:10 | Atualizado em 03/02/2022 - 16:19
  • Início/
  • /
  • Servidores doam sangue em campanha promovida pela Prefeitura para reforçar estoque do Hemorio
Campanha de doação de sangue - Divulgação / Prefeitura do Rio

A campanha de doação de sangue promovida nesta quinta-feira (03/02) pela Secretaria Especial de Cidadania, em parceria com o Hemorio, teve a participação de 85 servidores. Com as bolsas coletadas, 340 pessoas, em média, poderão ser atendidas. A ação ocorreu no Centro Administrativo São Sebastião, das 10h às 15h.

De acordo com o subsecretário de Cidadania, Leandro Pereira, a mobilização superou as expectativas e terá nova edição:

 

– Foi muito bonito e emocionante ver tanta gente empenhada em colaborar. O Hemorio precisa muito estar com o estoque de sangue sempre abastecido e essas campanhas ajudam , sempre. O Hemorio distribui sangue para mais de 200 hospitais públicos e conveniados com o SUS do Estado do Rio de Janeiro. Já estamos programando nova data, que iremos divulgar em breve.

 

A doação de sangue é um ato voluntário que salva vidas.  A coleta é segura e quem colabora uma vez não é obrigado a contribuir sempre. No entanto, é muito importante que pessoas saudáveis doem regularmente para que os estoques estejam sempre em dia.

Devido à pandemia, muitas pessoas deixaram de contribuir, provocando uma queda de 30% nos estoques de sangue. Para atender à demanda dos pacientes no estado do Rio, é necessário obter pelo menos 300 bolsas por dia. Por causa da Covid-19, muitos doadores têm dúvida, por exemplo, sobre o intervalo necessário entre uma dose da vacina e a coleta do sangue.

QUEM PODE DOAR

Quem tomou imunizante contra a Covid-19 deve aguardar, no mínimo, sete dias para doar sangue. Se contraiu a doença, é preciso esperar 30 dias. No caso da vacina da gripe (influenza), a coleta pode ocorrer, no mínimo, dois dias após a aplicação.

Para doar é necessário levar documento de identidade com foto, estar bem de saúde, ter entre 16 e 69 anos, 11 meses e 29 dias, pesar no mínimo 50 quilos, não estar em jejum e evitar alimentos gordurosos nas três horas anteriores à doação.

  • 3 de fevereiro de 2022