Secretaria de Cidadania e Vasco promovem primeiro jogo da seleção de imigrantes refugiados no ano

Publicado em 19/02/2022 - 19:23 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Secretaria de Cidadania e Vasco promovem primeiro jogo da seleção de imigrantes refugiados no ano
São Januário, estádio do Vasco. Foto: netvasco.com.brEstádio São Januário será palco de amistoso entre uma seleção de imigrantes refugiados e uma seleção de brasileiros - netvasco.com.br

A Secretaria Especial de Cidadania, em parceria com o Vasco da Gama e a ONG PDMIG-África no Coração, vai promover, neste domingo (20/2), às 15h, no estádio São Januário, amistoso entre uma seleção de imigrantes refugiados e uma seleção de brasileiros. Durante o evento, o Vasco da Gama prestará um tributo em homenagem a Moïse Kabagambe, congolês morto no fim de janeiro, no Rio de Janeiro.

 

– Esse jogo de futebol é importante como mais um passo para a promoção da igualdade e o combate à xenofobia por meio do esporte mais popular do mundo. Quando um clube do tamanho do Vasco abre as portas para celebrar a imigração, estamos caminhando a passos largos pela integração – afirmou Matheus Tavares, coordenador de Direitos Humanos da Secretaria de Cidadania.

 

O amistoso busca dar visibilidade à Copa dos Refugiados e Imigrantes, que terá início no dia 4 de agosto. Este evento tem chancela das agências da ONU e reúne refugiados e imigrantes, incentivando seu protagonismo em oficinas e torneios de futebol. Os participantes representam inicialmente seus países de origem e posteriormente o Estado e/ou país de acolhimento.

 

– Vasco da Gama, clube fundado por imigrantes no final do século XIX, tem sua mais que centenária história marcada pelas lutas contra o preconceito, o racismo e pela inclusão social por meio do esporte. O Vasco rompeu as barreiras de classe e de cor impostas pelas elites da época, primeiro no remo e depois no futebol. Por isso nosso orgulho de receber em nossa casa os imigrantes e refugiados, pois essa também é a casa deles – disse o 1º vice-presidente geral, Carlos Roberto Osório.

 

A parceria com a Secretaria de Cidadania e a Prefeitura do Rio também vai trazer o programa Cidadania Itinerante, que fornecerá aos moradores da Barreira do Vasco serviços básicos como emissão de documentos, Procon Carioca, serviços das Secretarias de Saúde e Trabalho, negociação de dívidas e atendimento ao consumidor da Light. Esta ação ocorrerá em uma data a ser definida com o clube.

 

– Somos gratos por mais essa parceria com a Prefeitura do Rio. Nosso estádio está enraizado em uma área popular da cidade e o Vasco sempre está aberto para prestar serviços à comunidade – declarou o VP de História e Responsabilidade Social, Horácio Júnior.

  • 19 de fevereiro de 2022