CGM-Rio instaura processos para apurar contratos da Linha Amarela, da Transolímpica e da monitorização da Transbrasil

Publicado em 18/06/2020 - 15:05 | Atualizado em 18/06/2020 - 15:16
  • Início/
  • /
  • CGM-Rio instaura processos para apurar contratos da Linha Amarela, da Transolímpica e da monitorização da Transbrasil

A Prefeitura do Rio, por meio da Controladoria Geral do Município do Rio de Janeiro, publicou no Diário Oficial do dia 16/06 a instauração de 3 Processos Administrativos de Responsabilização (PARs) para apurar eventuais responsabilidades administrativas nos contratos da Linha Amarela (Resolução CGM Nº1649), da Via Transolímpica (Resolução CGM Nº1650) e da monitorização da Transbrasil (Resolução CGM Nº1651) – Corredor exclusivo de BRT (BRS) entre o centro da Cidade do Rio de Janeiro e o bairro de Deodoro.

“Mais uma importante etapa na responsabilização de empresas”, sintetizou a Controladora Geral do Município do Rio de Janeiro, Márcia Andréa dos Santos Peres.

Seguindo os procedimentos estabelecidos no Decreto Rio n.º 46.195/2019, os PARs são sigilosos, sendo garantido o exercício do direito de ampla defesa, e serão conduzidos pela Coordenadoria-Geral de Corregedoria e Promoção da Ética e Integridade da CGM-Rio.

Quanto ao prazo, a conclusão dos trabalhos não poderá exceder 180 dias, contados da designação.

Categoria: CGM

18 de junho de 2020