Subsecretaria de Políticas para a Mulher realiza jantar especial no Gastromotiva

Publicado em 11/04/2019 - 17:21 | Atualizado em 11/04/2019 - 17:22

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), por intermédio da Subsecretaria de Políticas para a Mulher, realizou no Refeitório Gastromotiva, na Lapa, região Central do Rio de Janeiro, o jantar Pratas da Casa, em comemoração ao mês de março, o mês das mulheres.

O Gastromotiva é uma iniciativa trazida para o Brasil pelos chefs Massimo Bottur, David Hertz e pela jornalista Ale Forbes para contribuir na luta contra o desperdício de alimentos, má nutrição e exclusão social. Enquanto um terço do alimento produzido no mundo é desperdiçado, milhões de pessoas passam fome todos os dias.

O Gastromotiva conta que Refettorio – em latim Reficere – significa refazer ou restaurar. O espaço trabalha com ingredientes excedentes, que seriam descartados, mas que ainda estão bons para o consumo, preparando refeições saudáveis para a população em vulnerabilidade social na região da Lapa.

O encontro reuniu cerca de 80 mulheres, que participam frequentemente das Casas da Mulher Carioca, trabalho mantido pela Subsecretaria.

Na ocasião, foi servido um jantar especial com entrada, prato principal e sobremesa. Muitas mulheres atendidas pelas casas não possuem em sua rotina um jantar mais requintado como este.

A subsecretária, Joyce Braga, diz que o evento trouxe um grande resultado para a autoestima das mulheres.

“Tenho participado ativamente, mas o que mais me toca é essa garantia de direitos que a gente proporciona. Somos nós que fazemos a transformação, por isso estamos comemorando aqui hoje”— disse Joyce.

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, esteve presente e ficou muito feliz em participar da comemoração.

“Foi um momento de muita alegria estar aqui com as pratas da casa. Estamos à disposição de todos vocês, enquanto eu estiver nesta Secretaria estarei me empenhando para ajudar em tudo o que for possível” – disse João Mendes.