SMASDH atende 23 famílias e cerca de 100 pessoas individualmente na Muzema

Publicado em 12/04/2019 - 18:00 | Atualizado em 12/04/2019 - 18:35

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) atendeu até o momento, na Muzema, 23 famílias desabrigadas e desalojadas e mais 100 pessoas do local em atendimentos individuais. Do total das famílias atendidas, quatro são desabrigadas e nove desalojadas. A maioria das 100 pessoas que recebeu atendimento individual é moradora próxima da área de risco.

A SMASDH atuou na Muzema com uma equipe formada por 50 servidores, entre assistentes sociais, psicólogos e profissionais de apoio. A equipe da Secretaria foi mobilizada nas primeiras horas da manhã, logo após receber a informação dos desabamentos dos prédios, e continua no local sem hora para terminar os atendimentos.

Para otimizar os serviços, os servidores foram organizados em equipes menores para dividir o trabalho. Foram montados três postos de atendimento pela Secretaria: um ao lado do desabamento, para atender as vítimas dos escombros; outro antes da principal barreira, para atender famílias das vítimas do prédio; e finalmente uma base para atender famílias cujos imóveis foram desocupados pela Defesa Civil devido aos riscos de desabamento.
Em parceria com a SMASDH, a Fundação Leão XIII está mobilizada prestando assistência às vítimas da Comunidade da Muzema, com isenção de taxas para a emissão de segunda via de documentos. Todos que tiverem biometria cadastrada na base de dados do Detran, cujo RG tenha até dez anos da data de expedição, terão garantida a reimpressão imediata de seus RGs.
Para os demais casos, os usuários serão encaminhamos para o Detran Rio Shopping e Detran Center Shopping. A Fundação Leão XIII mantém disponível ainda uma van para fazer o transporte dos moradores.
As equipes da SMASDH permanecerão no local até que todas as pessoas afetadas pelo desabamento sejam atendidas em suas necessidades. A maior dificuldade é quanto ao acesso ao local que, por conta da forte chuva que caiu na cidade esta semana, destruiu parte das ruas da região.