João Mendes participa da abertura do projeto Qualifica Rio

Publicado em 25/10/2019 - 19:05 | Atualizado em 25/10/2019 - 19:06

Na manhã de hoje, o secretário João Mendes de Jesus participou da aula inaugural do Projeto Qualifica Rio, desenvolvido pela Assistência Social e Direitos Humanos, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento — BID. O Evento aconteceu no Centro Universitário Augusto Motta, Unisuam, em Bonsucesso, e tem parceria com a Secretaria Municipal de Habitação, Secretaria de Cultura, Mitra Episcopal e Cáritas, Região Administrativa, Associação de Moradores do bairro Jardim América e Escola de Talentos.

O Projeto Qualifica Rio oferece cursos de qualificação profissional de garçom/garçonete, assistente administrativo, camareira, arrumador e manipulador de alimentos, para jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social. Haverá a participação total de 315 alunos, usuários dos equipamentos do território da 4ª CASDH.

Eluani Carlos Moura, moradora da Penha, que fará o curso de garçonete, diz que já gostou da aula inaugural e está agradecida por tudo. “O que eu preciso mesmo e venho buscando é uma qualificação, quero muito ser alguém na vida. Preciso ser uma pessoa qualificada. Eu tenho sonhos, tenho planos” — disse a aluna entusiasmada.

De acordo com a subsecretária de Proteção Social Básica, Rita Valéria Spefenon, responsável pela organização do projeto, as parcerias dentro da política de assistência social são fundamentais para avançar com o trabalho. Rita disse também que a proposta do curso não é só trazer o conteúdo profissional, mas sim despertar o desejo por um objetivo de vida, metas, sonhos, trabalhando a inteligência emocional, porque as frustrações também vem no meio de um processo de uma carreira, ou seja, trabalhar o lado emocional e psicológico desses alunos.

Ana Cláudia Sena, Coordenadora da 4ª CASDH disse que está buscando alternativas de empregabilidade para a população, ajuda na política da assistência para que as pessoas deixem de precisar de benefícios e construam seus caminhos de autonomia.

“Por meio da parceria com o BID, estamos ofertando às pessoas do território a oportunidade de estar se qualificando pro mundo do trabalho. O Qualifica Rio é o pilar que sustenta esse entendimento” — explica a coordenadora.

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, disse que é de extrema importância a qualificação profissional e que por isso se faz necessário o investimento em mão de obra especializada, para que o profissional possa obter sucesso e crescer mesmo em tempos de incertezas.

“Neste cenário competitivo, o profissional que estiver  sempre atualizado conseguirá enxergar oportunidades e garantir seu lugar no mercado de trabalho, e aquele que não se qualificar encontrará mais dificuldade para se colocar ou se recolocar no mercado. Por isso é de suma importância que tanto o jovem, que está ingressando no mercado de trabalho, quanto o que já está trabalhando, nunca deixe de se qualificar” — ensina o secretário.

Durante três meses (300horas/aula), os alunos terão acesso à formação teórica e prática, além de material didático, lanche e auxílio transporte.

  • 25 de outubro de 2019