Feira do Empreendedor Comunitário oferece oportunidade às pessoas de baixa renda

Publicado em 07/11/2018 - 16:10 | Atualizado em 08/03/2019 - 16:10

A partir do próximo dia 12, a Feira do Empreendedor Comunitário passa a ser mensalmente realizada na Praça Agripino Greco, no Méier. O evento tem como objetivo fortalecer o processo de capacitação continuada dos ex-alunos do Curso de Empreendedorismo Comunitário, por intermédio da experiência em participação em feiras, além de facilitar o escoamento da produção e, principalmente, proporcionar geração de renda.

O curso é destinado aos usuários das unidades da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), em situação de vulnerabilidade social, que desejam abrir seu próprio negócio ou que desenvolvem uma atividade por conta própria e que vêm encontrando dificuldade em tornar essa atividade sua fonte principal de renda. Após a conclusão do curso, os alunos que já possuem seu empreendimento no ramo do artesanato ou alimentação são direcionados para o Projeto Feira do Empreendedor Comunitário.

Há sete anos, a Feira é realizada somente no pátio da sede da Prefeitura do Rio de Janeiro, na Cidade Nova. No entanto, a Superintendência Regional do Méier, ciente da importância deste projeto e do impacto na vida da população de baixa renda, licenciou a exposição em espaço público para a Feira do Empreendedor Comunitário, uma vez por mês no bairro, às segundas-feiras.

Há 15 anos, a SMASDH oferece o Curso de Empreendedorismo Comunitário, que tem como finalidade promover o apoio à formação de pequenos empreendedores, buscando identificar e desenvolver potencialidades e competências para a geração de trabalho e renda. O curso tem carga horária de 96 horas ao longo de três meses, com certificação ao final. O projeto conta com a parceria do Sebrae e da Faculdade São José.

Coordenação de Comunicação da SMASDH