Exposição de fotos de pessoas que estão saindo da situação de rua poetiza o urbano e gera renda

Publicado em 10/05/2022 - 17:15 | Atualizado em 11/05/2022 - 16:17
Foto feita por Diego Augusto Souza dos Santos integra a exposição - Diego dos Santos

A segunda edição do projeto Inserir será aberta nesta quarta-feira (11/5), às 10h30, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social, a exposição reúne trabalhos de 35 acolhidos em abrigos da Prefeitura que estão a caminho da reinserção social. Em oficinas fotográficas itinerantes, retratam cenas do espaço urbano carioca, numa maneira inovadora de geração de renda para essas pessoas que viviam em situação de rua.

Os fotógrafos profissionais Claudia Poggio, Fernando Maia e Marcos Custodio dirigiram as oficinas e suas fotos serão projetadas digitalmente na exposição. Enquanto as dos acolhidos foram impressas em papel e estarão à venda durante a exposição, que vai até 11 de junho. Depois, poderão ser adquiridas pelo e-mail exposicaoinserir@gmail.com.

Quando essa segunda edição estava sendo montada, a diretora do Albergue Martin Luther King Jr, Rosana de Souza e Silva, deu a notícia de que Diego Augusto Souza dos Santos, um dos fotógrafos amadores da exposição, conseguiu emprego na Revista Traços e estava saindo do abrigo.

 

– Diego foi reinserido socialmente, voltou a morar na casa da família depois de participar da oficina – contou Rosana.

 

É de autoria de Diego a foto com o garoto prestes a mergulhar nas águas da Baía de Guanabara, diante do Museu do Amanhã.

 

– Esse projeto possibilita qualificação e empregabilidade a partir da retomada da autoestima – definiu a secretária municipal de Assistência Social, Maria Pucú.

 

As cenas do universo urbano que os amadores captaram durante o andar nas ruas em perambulações fotográficas encontram correspondência com o que o artista plástico Hélio Oiticica propõe como “poetizar o urbano”, em que as ruas “são o pé calçado pronto para o delirium ambulatorium renovado a cada dia”, atestou o curador do Projeto Hélio Oiticica, César Oiticica Filho, atual diretor artístico do Centro Municipal de Arte.

A primeira edição do projeto Inserir foi lançada em fevereiro deste ano, com 26 acolhidos. As oficinas fotográficas itinerantes e exposições periódicas continuarão sendo realizadas, gerando renda para pessoas que estão saindo da situação de rua. Outros fotógrafos profissionais que quiserem participar podem se inscrever na plataforma prefeitura.rio/voluntario. Nesse momento, são necessárias novas câmeras para a expansão do projeto. As duas edições foram feitas com apenas três câmeras.

A Assistência Social contou com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, que cedeu os espaços para a realização das duas exposições.

 

Serviço:

Abertura da segunda exposição do projeto Inserir
Dia: 11 de maio de 2022
Horário: 10h30
Local: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica – Rua Luís de Camões, 68, Praça Tiradentes, Centro