Exposição cria nova forma de geração de renda para pessoas que estão saindo da situação de rua

Publicado em 14/02/2022 - 12:58 | Atualizado
A exposição Inserir vai gerar renda para pessoas que estão saindo da situação de rua - Prefeitura do Rio

A primeira exposição do Projeto Inserir será aberta nesta segunda-feira (14/2), no Espaço Cultural Sérgio Porto, no Humaitá. Realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social, traz uma maneira inovadora de geração de renda para pessoas que viviam em situação de rua e agora estão a caminho da reinserção social. Com câmeras portáteis, em oficinas fotográficas itinerantes, elas retrataram cenas do espaço urbano carioca em vários bairros.

Projetando suas imagens digitalmente, os fotógrafos profisssionais Claudia Poggio, Fernando Maia e Marcos Custodio fazem parceria com 26 acolhidos em abrigos da Prefeitura. Esses mostrarão seus trabalhos impressos em papel, que estarão à venda durante a exposição e, depois, pelo e-mail exposicaoinserir@gmail.com.

Os fotógrafos profissionais registraram as ações dos acolhidos com as câmeras portáteis, potencializando retratos e paisagens do cotidiano do Rio, em preto e branco, e dando maior visibilidade a esse público que procura iniciar uma nova vida.

– Esse projeto veio para transformar a realidade, para criar caminhos diferentes para os assistidos pela Assistência Social – descreve a secretária Laura Carneiro.

O Projeto Inserir realizará oficinas fotográficas itinerantes e exposições periódicas, gerando renda para pessoas que estão saindo da situação de rua. Fotógrafos profissionais que quiserem participar podem se inscrever na plataforma prefeitura.rio/voluntario.

A Assistência Social contou com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, que cedeu o espaço para a realização dessa primeira exposição.

 

  • 14 de fevereiro de 2022