Prefeitura leva programa Favela com Dignidade a Manguinhos e faz 1.086 atendimentos num só dia

Publicado em 29/06/2021 - 07:00 | Atualizado em 28/06/2021 - 17:15
Alimentos das Hortas Comunitárias são distribuídos em Manguinhos - Ricardo Cassiano / Prefeitura do Rio

Uma ação inédita de inclusão social, por meio do Programa Favela com Dignidade, realizou 1.086 atendimentos em Manguinhos, no último sábado (26/06). A iniciativa, que envolveu vários órgãos da Prefeitura, permitiu que cariocas dessas áreas da cidade tivessem acesso a serviços como cadastramento em vagas de emprego, inscrição no Cadastro Único (para solicitação de auxílios como o Bolsa Família), capacitação de jovens, orientação na retirada da carteira de trabalho digital e atendimento a questões femininas.

Coordenado pela Secretaria de Ação Comunitária, o programa quer transformar em rotina a solução de demandas urgentes das favelas. A atividade de sábado mobilizou mais de 100 servidores, que atuaram ainda na distribuição de 130 mudas de plantas ornamentais e na doação de 250 quilos de alimentos.

Durante a ação foi inaugurado o projeto Recicla Comunidade, que vai gerar renda para a população. Os moradores de Manguinhos vão poder descartar material reciclável em um contêiner instalado na Rua Samir. Duas prensas e duas balanças serão usadas nos trabalhos com os resíduos.

– A chegada do Favela com Dignidade às comunidades cariocas vai mudar a vida das pessoas. Vamos mostrar que morador de favela não pode e não será invisível aos olhos do poder público e da sociedade.  A Prefeitura traz para dentro da comunidade seus principais serviços. Integração é a nossa linha de trabalho – afirmou a secretária de Ação Comunitária, Marli Peçanha.

 

Ação do Favela com Dignidade, em Manguinhos – Ricardo Cassiano / Prefeitura do Rio

 

Confira os serviços prestados na favela de Manguinhos:

A Secretaria de Meio Ambiente orientou  34 pessoas sobre educação ambiental, distribuiu 152 mudas e 250 quilos de alimentos produzidos pela horta de Manguinhos, a maior da América Latina.

A Secretaria de Trabalho e Renda cadastrou 288 moradores para vagas de emprego, auxilio na emissão de Carteira de Trabalho Digital e cursos de capacitação online em parceria com o Instituto Crescer.

A Secretaria de Esporte e Lazer realizou 93 atendimentos e orientações relacionados à atividades físicas.

A Comlurb, além de limpeza e capina, fez a manutenção do parquinho da Praça Juvenal Manguinhos, com raspagem e pintura dos equipamentos.

A Secretaria de Conservação pavimentou 350 metros quadrados, usando 24 toneladas de asfalto. Além disso, realizou ações de tapa-buraco e disponibilizou um caminhão vac-all.

A Rio Luz trocou 38 lâmpadas e implantou dois pontos de luz para melhorar a iluminação local.

A Assistência Social realizou 180 atendimentos e inclusões de famílias em vulnerabilidade social no Cadastro Único do Governo Federal, que incluiu o Bolsa Família.

A Ordem Pública, além divulgar o projeto da Guarda Municipal Ronda Maria da Penha, que realizou 10 atendimentos, orientou a mais de 20 donos de pequeno comércio sobre como formalizar seus negócios.

A Secretaria de Saúde realizou 135 atendimentos, distribuiu preservativos masculinos e femininos, avaliou cartão de vacinas de crianças e orientou sobre a prevenção contra os riscos do tabagismo, tuberculose e doenças sexualmente transmissíveis. Foram distribuídos 35 kits de escovação dentária para crianças.

A Secretaria da Pessoa com Deficiência  atendeu 20 pessoas, cadastrou para vagas de emprego e cursos para capacitação.

A Fundação Planetário promoveu oficinas para crianças com o livro “Manual do Pequeno Astrônomo Mirim”. Um astrônomo apresentou para a garotada a carta celeste do dia.

A Secretaria de Educação atendeu 155 pessoas para encaminhamento de matrículas nas escolas da rede, além de divulgar as ilhas de conexão da Educação e orientar estudantes  para o uso do Aplicativo Rio Educa em casa e sobre o ensino remoto.

A Secretaria de Políticas e Promoção da Mulher distribuiu material sobre as ações da pasta e fez 25 orientações  jurídicas sobre violência.

A Secretaria Municipal de Transportes atendeu 35 pessoas com registros de solicitações e reclamações. Também orientou a população sobre como emitir cartões para veículos de pessoas com deficiência e estacionamento para idoso, entre outros.

A CET-Rio fez orientações a 15 pessoas sobre o uso de motocicletas e bicicletas e distribuiu material educativo.

A JUV-Rio (Secretaria da Juventude Carioca) fez 36 atendimentos. Fez o pré-cadastro de jovens para orientação profissional, distribuiu o estatuto da juventude, promoveu oficinas de colagem e fotografia.

A Secretaria de Governo colocou um carro com o serviço 1746 à disposição da população.

A Secretaria Especial de Cidadania e o Procon atenderam 25 pessoas e entregaram 360 exemplares do Código do Consumidor.

A Secretaria de Habitação realizou 15 atendimentos para o cadastramento do Programa Casa Verde e Amarela.

  • 29 de junho de 2021