Programa Luz Maravilha instala 450 mil pontos de iluminação em LED na cidade

Publicado em 13/12/2022 - 07:11 | Atualizado em 16/12/2022 - 08:10
A Avenida Presidente Vargas - Fabio Motta/Prefeitura do Rio

A iluminação pública foi renovada na cidade graças ao programa Luz Maravilha, uma parceria público-privada (PPP) entre a Prefeitura do Rio e a empresa Smart Luz que beneficia ruas de tráfego intenso, túneis e vielas de comunidades. A meta inicial de trocar os 450 mil pontos de luz da capital por LED foi alcançada no fim de outubro, antes do prazo previsto, em dezembro. A troca dessas lâmpadas vai levar a uma economia de cerca de R$ 100 milhões às contas públicas do município neste ano de 2022. Além disso, pelo menos 7.558 postes de aço deram lugar a modelos de fibra, mais seguros e resistentes.

A modernização beneficia bairros de toda a capital, contribuindo inclusive para a segurança desses locais. Entre as principais vias contempladas estão as avenidas Presidente Vargas e Rio Branco, no Centro; a Avenida Dom Hélder Câmara, na Zona Norte; a Autoestrada Lagoa-Barra, que liga a Zona Sul à Barra; as avenidas das Américas e Ayrton Senna, na Barra da Tijuca; a Avenida Santa Cruz, em Realengo; a Estrada do Campinho, em Campo Grande; a Estrada do Pau Ferro, em Jacarepaguá; as ruas Doutor Satamini e Hadock Lobo, na Grande Tijuca; e a Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema.

Também passaram pela remodelação todos os grandes túneis da cidade. São 12 ao todo, no Centro e nas zonas Norte, Sul e Oeste do Rio: Martin Sá, Billy Blanco, Major Vaz, João Ricardo, Rebouças, Santa Bárbara, Noel Rosa, Alaor Prata (Túnel Velho), Zuzu Angel e  Rafael Mascarenhas. Foram trocados mais de 6.700 pontos de luz somente nessas vias.

 

A entrada do Túnel Rebouças iluminada- Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

 

Na orla carioca, o cenário é mesmo, totalmente iluminado em LED, do Leme ao Pontal. Um destaque neste serviço é o trabalho feito no píer do Quebra-mar, na Barra da Tijuca. A Ilha da Gigoia, outra área importante do Rio, ponto turístico carioca, também está 100% em LED.

 

Orla do Rio iluminada em LED – Marcelo Piu/ Prefeitura do Rio

As comunidades do Rio foram contempladas com a nova iluminação, incluindo as grandes favelas, como Rocinha, na Zona Sul, e os complexos do Alemão e da Penha, na Zona Norte.

O programa atingiu todas as regiões da cidade simultaneamente. A PPP tem duração de 20 anos e prevê o suporte à manutenção e à operação de todos os equipamentos. Apesar dos esforços municipais, os furtos já atingem esse novo serviço. A PPP teve um prejuízo de mais de R$ 3 milhões devido a roubos na rede elétrica, de janeiro a agosto de 2022. Estão sendo implementadas medidas para evitar essas ações. Só na Linha Vermelha foram trocados oito mil metros de cabos de cobre por alumínio, que tem baixo valor de mercado. Outras medidas antifurto são a blindagem das caixas de passagens de fio, a instalação de caixas gradeadas para proteção das luminárias e a colocação de caixas antifurto na fiação.

  • 13 de dezembro de 2022
  • Skip to content