Toxoplasmose

A toxoplasmose é uma zoonose causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondi que apesar de ocorrer no mundo todo, ainda gera uma série de questionamentos sobre como o homem adquire a infecção. A maioria da população acredita que o contágio ocorre através do contato direto com os gatos, mas na verdade, a principal forma de contaminação se dá através da ingestão de carne crua ou mal cozida (bovina, suína e de frango) ou pelo consumo de legumes, frutas e verduras mal lavadas contaminados com oocistos esporulados do protozoário.

O Gato é o hospedeiro definitivo e normalmente se infecta com o Toxoplasma quando se alimenta da carne crua ou caçando animais que contenham cistos do protozoário. Ele eventualmente elimina os oocistos nas fezes, mas isso ocorre quando ele ainda é jovem e por apenas alguns dias. Estima-se que apenas aproximadamente 1% da população felina elimine oocistos de Toxoplasma no meio ambiente o que faz com que a forma de infecção por contato direto com o gato seja bastante improvável. Além disso, os oocistos devem se tornar maduros no meio ambiente (esporular) para se tornarem infectantes. Esta eliminação ocorre aproximadamente dez dias após o animal ter sido infectado e, para a pessoa contrair a doença, a mesma necessita ter contato com as fezes do felino, 48 horas depois do animal eliminá-las. Ou seja, para ser infectada através do contato com o gato é preciso que ele realmente esteja doente e eliminando os oocistos, e que a pessoa coloque a mão contaminada com as fezes do próprio gato que ficaram alguns dias no ambiente na boca. Caso isso não aconteça, o ciclo da doença não se completa. O maior medo e preconceito se dá entre as gestantes que possuem gatos, mas como se vê, não se previne ou se elimina a chance de se contrair toxoplasmose na gravidez eliminando o gato do convívio da gestante, mas sim com manipulação e cozimento adequado dos alimentos e mantendo bons hábitos de higiene pessoal.
 

 

Mitos e Verdade

1) Cães NÃO transmitem toxoplasmose.

2) Pombos também NÃO transmitem toxoplasmose.

A menos que você ingira carne crua ou mal passada dessas duas espécies (e é preciso que eles estejam com a doença)


3) Você não pega toxoplasmose ao acariciar um gato.

4) Não abandone seu gato por medo de contrair a doença.

5) Você pode pegar toxoplasmose ao ingerir terra ou alimentos contaminados com fezes de gatos, mas bons hábitos de higiene e limpeza no preparo dos alimentos evitam isso.

6) Principais formas de transmissão da toxoplasmose: ingestão de carne crua ou mal passada (bovina, suína ou de frango), alimentos crus mal lavados (verduras e legumes) ou ingestão de água contaminada.

7) Mordidas de gatos ou outros animais NÃO transmitem a toxoplasmose.

8) Não existe vacina contra a toxoplasmose.

9) Você não precisa se desfazer de seu gato se estiver grávida. Basta manter bons hábitos de higiene.

10) Nem todos os gatos tem toxoplasmose. Na verdade, poucos apresentam a doença.

11) Nem todos os gatos são capazes de transmitir a doença. Estima-se que apenas 1% da população felina seja capaz de eliminar o parasito (oocistos do Toxoplasma gondii) nas fezes. Quando o fazem é por um curto período de tempo e, geralmente, só em uma fase da vida (muito jovens).

12) Além disso, os oocistos que são eliminados nas fezes não são capazes de causar a doença imediatamente. É preciso que as fezes dos gatos fiquem no meio ambiente durante alguns dias para os oocistos esporularem, e aí sim, se tornarem infectantes.