Restaurantes

Medidas de higiene e de conservação previnem a contaminação dos alimentos por micro-organismos que podem afetar a sua qualidade e causar danos à saúde do consumidor. Colabore com a vigilância sanitária para proteção da sua saúde. 

 

 

Observe se as instalações, os funcionários e os alimentos estão adequados.

 

• Área limpa, sem presença de insetos (moscas, baratas), roedores (ratos) ou de animais.

 

• Lavatório para as mãos dos clientes provido de sabão líquido e toalha descartável. 

 

• Pratos e copos íntegros, sem rachaduras, lascas ou trincas.

 

• Mesas e utensílios limpos.

 

• Canudos para bebidas embalados individualmente.

 

• Funcionários com uniforme limpo e proteção nos cabelos.

 

• Não é permitido o manuseio simultâneo de alimento e dinheiro.

 

• Produtos como mostarda, ketchup, sal, açúcar ou adoçante oferecidos em embalagens não recarregáveis (sachês) ou na embalagem original.

 

• Gelo utilizado para adição em bebidas fabricado com água filtrada, devendo apresentar-se com uma abertura central (cilindro ou cubo).

 

 

Atenção:

 

• Só aceite sucos que tenham sido preparados no momento do consumo.

 

• O consumo excessivo de sal (40% é composto de sódio) e gordura causa riscos à saúde (hipertensão, doenças renais e cardiovasculares).

 

• Leia atentamente os rótulos dos alimentos e opte sempre pelo que tem a menor quantidade de sódio e gorduras.

 

• Atenção com os produtos light.

 

• Gelo em escamas só pode ser utilizado para resfriar produtos embalados, incluindo bebidas envasadas.

 

• Você tem direito de visitar a cozinha do estabelecimento (Lei nº 2.825 de 23/06/1999).

 

 

Caso encontre condições inadequadas, ligue para a Central de Atendimento da Prefeitura – 1746.
 
 

CLIQUE AQUI para acessar folhetos e cartazes sobre Cuidados com a Alimentação.