Último dia de inscrição para o concurso público da Vigilância Sanitária

29/07/2019 15:08:00


São 58 vagas oferecidas pela Prefeitura para a pasta que teve seu último certame 2000

 

Termina nesta sexta-feira, dia 2, o prazo para as inscrições do concurso público da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa). É a primeira vez, depois de quase 20 anos (desde 2000), que a Prefeitura contempla a pasta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde com um concurso. Ao todo, são oferecidas 58 vagas, metade delas (29) para médicos-veterinários. As outras 29 são para o Ensino Fundamental (14) e Ensino Médio. A remuneração vai de R$ 1.011,43 a R$ 2.966,38, acrescida de auxílio-transporte de R$ 178,20 e insalubridade de R$ 464,69, para a carga de 24h, 32h20 e 40 horas semanais. A taxa de inscrição que deve ser paga até segunda-feira, dia 5, é de R$ 60, R$ 80 e R$ 100, para os níveis fundamental, médio e superior, respectivamente. Mais informações e inscrições estão em http://www.rio.rj.gov.br/web/portaldeconcursos/concursos e se candidatar.

 

 

As vagas para auxiliar de serviços de veterinária e auxiliar de laboratório, que exigem curso de especialização, e agente de documentação médica são para candidatos de nível fundamental. Já no nível médio, há oportunidades para técnico em radiologia, oficial de farmácia e técnico em laboratório de análises clínicas, todos com a exigência de cursos de especialização. Para os cargos de radiologia e oficial de farmácia serão solicitados ainda os registros nos conselhos de competência, o que também se aplica aos candidatos de nível superior para as vagas de médico-veterinário. 

 

 

Este é o segundo processo de contratação feito em 2019 pela Prefeitura do Rio para a Vigilância Sanitária, que em fevereiro recebeu 35 médicos-veterinários para trabalhar até dois anos em suas unidades. Com o reforço, a Subvisa aumentou este ano em até 100% os atendimentos a animais. O crescimento de funcionários resolveu parte da demanda reprimida de serviços como o tratamento da esporotricose, que passou a ser oferecido diariamente, e a castração que, em junho último, saltou de 400 para 1.200 e em breve será ampliado. Os profissionais serão lotados em setores do Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman (IJV), em São Cristóvão, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em Santa Cruz, e também de fiscalização.

 

 

- Esse concurso será fundamental para avançarmos com o nosso atendimento e reforçar a oferta de serviços na Zona Oeste - adianta a médica-veterinária Márcia Rolim, subsecretária da Vigilância Sanitária do Rio que ingressou na Prefeitura no último concurso do órgão, em 2000.

 

 

 


Imagens relacionadas: