Escolas da Prefeitura do Rio têm produções selecionadas no Anima Mundi 2019

17/07/2019 19:09:00


Três escolas da Prefeitura estão apresentando seus filmes na 27ª edição do Anima Mundi, o maior Festival Internacional de Animação do Brasil, que recebe curtas e longas de animadores renomados de todo o país e também do exterior. As animações produzidas por alunos e professores da Rede Municipal estão entre os 29 vídeos selecionados na categoria Futuro Animador, que conta ainda com as participações de países como Portugal, Argentina e Bélgica. O festival é realizado entre os dias 17 e 21 de julho, no Rio de Janeiro, e dos dias 24 a 28, em São Paulo. As animações das escolas da Prefeitura do Rio serão exibidas nesta quarta-feira (17/07) e na sexta-feira (19/07), nas salas de cinema do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

Através da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o projeto Anima Escola, criado pela equipe do Anima Mundi há 17 anos, professores da rede participam de oficinas e cursos livres para que possam produzir em sala de aula com seus alunos os seus próprios filmes de animação. Todos os docentes que tiveram suas animações selecionadas para a edição deste ano são participantes ativos dos cursos que o projeto oferece e anualmente produzem novas animações.

A Escola Municipal Rosa Bettiato Zattera, em Irajá, teve duas animações selecionadas para a edição do Anima Mundi 2019. Com direção dos professores Gabriel Couto Fernandes e Rachel da Silveira Caé, o vídeo "A Menina do Jongo" fala sobre a dança de roda brasileira com origem africana praticada ao som de tambores. A animação conta a história de uma menina chamada Luísa que quer aprender a tocar tambor, mas é impedida por ser do sexo feminino.

No curta "Saudação Tropicaliente", os alunos do 6º ao 9º ano dessa mesma escola municipal de Irajá apresentam a cultura popular brasileira com a canção que leva o mesmo nome da animação. De autoria dos estudantes, a música foi premiada com o 3º lugar na 30ª edição do Festival da Canção das Escolas Municipais, realizado em setembro de 2018.

A Escola Benjamin Constant, no Santo Cristo, abordou a vida de Benjamin, um rapaz que perdeu seus pais e teve que sair da escola. Certo dia, ele ganhou uma máquina do tempo que o levou para uma viagem incrível. O passado ensina uma linda lição para o garoto. A direção é do professor José Leandro Cardoso. A animação se chama "Benjamin e a sua história".

A animação "O burrinho Candinho", produzido pela professora Isabella Paulino da Silva e os alunos do Ciep Zumbi dos Palmares, em Coelho Neto, conta a história de Maria e seu companheiro, o burrinho Candinho. Um dia, quando ela estava passeando com animal pela estrada, foi surpreendida por um fato mágico que muda a amizade deles para sempre. 




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110