Thalita Rebouças, em escola da Prefeitura do Rio, premia estudante em evento pré-Bienal do livro

11/07/2019 18:15:00


Cerca de 200 estudantes do 6º ao 9º ano da Escola Municipal Bernardo de Vasconcellos, na Penha, aproveitaram a manhã desta quinta-feira, 11/7, de uma forma muito especial. A campeã de vendas de livros infanto-juvenis Thalita Rebouças deu sequência ao evento ‘Bienal nas Escolas', conversou com os estudantes sobre a importância da leitura, a evolução da carreira e como conquistou o sonho de ser uma escritora profissional e viver de seus livros que venderam mais de 2 milhões de exemplares. Ao final do evento, a autora de "Fala sério, mãe!" premiou uma das redações inspiradas nos temas abordados em suas histórias: preconceito, respeito, bullying, escola e relações familiares.

— Tenho muito carinho pela Bienal do Livro e as feiras literárias. Comecei nesses eventos a me aproximar das pessoas. E foi um acerto da Prefeitura do Rio fazer essa parceria para levar essa experiência para as escolas municipais. Eu já topo vir nas próximas edições também. Quando o adolescente vê que o escritor é gente de carne e osso como qualquer um e que livro é divertido percebe que há um universo de possibilidades ao entrar numa sala de leitura como a dessa escola, por exemplo – disse a escritora.

LudmyllaLudmylla Sodré dos Santos, 13 anos, estuda no 8º ano da Escola Municipal Bernardo de Vasconcellos e não esperava ter sua redação "Confissões de uma quase adulta, lésbica e levemente ansiosa" selecionada pela autora de que é fã. A estudante já leu toda a coleção de livros de Thalita Rebouças disponíveis na sala de leitura da unidade em que estuda e prometeu que continuará escrevendo após o incentivo.

— Receber esse aval dela me deu mais vontade de correr atrás do meu sonho de ser uma escritora também. Os livros dela mexem com a gente porque falam de um jeito que a gente entende e gosta. Isso me inspira a continuar estudando e me desenvolvendo no que quero para a minha vida — garante a estudante que ganhou das mãos da escritora um exemplar autografado do best seller "Ela disse, ele disse".

"Bienal nas Escolas' é uma parceria da Prefeitura do Rio com a Bienal Internacional do Livro que tem proporcionado para estudantes da rede municipal de Ensino uma prévia da experiência de visitar a maior feira literária do país, que neste ano acontece em agosto, no Riocentro. Animada, Thalita respondeu perguntas dos estudantes que são apaixonados por livros e revelou que aos 10 anos se denominava "fazedora de livros". Com formação em jornalismo, ela abandonou as redações para se dedicar aos livros e conquistou seus fãs de maneira singular – Thalita distribuía balas para possíveis leitores nas suas primeiras Bienais.

A professora de português Ane Carolina de Jesus Lopes aproveitou o momento da visita para revelar que Thalita Rebouças foi uma das autoras que a inspirou a trabalhar com jovens. Fã de carteirinha dos livros, ela garantiu o autógrafo em toda sua coleção e agradeceu pelos personagens criados por ela que ajudam gerações de meninos e meninas a amadurecerem.

— Seus livros tiveram um impacto positivo na minha formação como leitora. Hoje eu recomendo aos meus alunos e eles adoram. É muito bom ver iniciativas como essas chegando às nossas escolas porque a leitura transforma vidas.

‘Bienal nas Escolas': próximas edições

O encontro de estreia de "Bienal nas Escolas" foi na última segunda-feira, 8/7, com a jornalista e escritora Miriam Leitão, no Espaço de Desenvolvimento Infantil Eu Sou, na Praça Seca. Especialista em economia, Miriam trocou seu discurso habitual para conversar com crianças da Pré-Escola e alunos da Educação Especial sobre seu livro infantil "A perigosa vida dos passarinhos pequenos".

E no mês que vem, dia 13/8, às 10h, a Escola Municipal Epitácio Pessoa, no Andaraí, abre as portas para as dicas da jornalista, escritora e influenciadora digital Nathalia Arcuri. Com mais de 3,6 milhões de seguidores no canal "Me Poupe" do Youtube, a autora figura as listas dos mais vendidos com o livro homônimo e se tornou referência na internet quando se fala em educação financeira. Na escola, ela irá discutir com os alunos seus sonhos de curto, médio e longo prazo para discutirem a importância do planejamento financeiro na vida pessoal.

Já a escritora infantil Ana Maria Machado, sexta ocupante da cadeira nº 1 da Academia Brasileira de Letras e ex-presidente da ABL, vai levar o encanto de suas histórias infantis para a Escola Municipal Domingos Bebiano, em Inhaúma, no dia 16/8, às 10h. A autora de obras como "Menina bonita do laço de fita", "Caro professor" e "Gente bem diferente" encontrará 150 alunos de 4 a 10 anos de idade para falar sobre a temática de suas histórias e a importância da leitura para a vida.

A SME na Bienal do Livro 2019

Além do projeto inédito Bienal nas Escolas, a Secretaria Municipal de Educação promove, tradicionalmente, a visitação de alunos da rede ao evento e adquire títulos para compor o acervo das 1.540 unidades escolares do município. Também recebem obras diversificadas o Centro de Referência de Educação de Jovens e Adultos, o Instituto Helena Antipoff, a Escola de Formação Paulo Freire, a Sala de Leitura Lourenço Filho, que funciona no prédio central da Prefeitura do Rio, e as 14 Bibliotecas Escolares Municipais distribuídas por todas as regiões da cidade.

Durante o evento, o estande da Secretaria Municipal de Educação vai expor os trabalhos de leitura das unidades escolares. Os alunos que visitarem a Bienal também poderão usar o voucher de livro distribuído na entrada da feira com um título selecionado pela secretaria neste espaço.




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Sede: Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110