SME realiza segundo debate sobre Lei Maria da Penha com professores e servidores

09/05/2019 18:44:00


Sensibilizar para evitar novos casos de violência doméstica. Com esta proposta, as secretarias municipais de Educação e de Assistência Social e Direitos Humanos estão realizando o Seminário "Mulher Cidadã: Programa Maria da Penha vai à escola" em unidades da Prefeitura e espaços particulares de ensino. Nesta quarta-feira (8/5), a programação aconteceu no Palácio Rio 450, em Oswaldo Cruz, para debater o tema com professores e servidores das escolas da 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Coordenadorias Regionais de Educação. A proposta é que o exercício da conscientização passe a fazer parte da rotina para que episódios de violência doméstica não ocorram na vida de alunos, responsáveis e comunidade escolar.

O programa Maria da Penha vai à escola foi transformado em lei sob o nº 6.427, em 18 de dezembro de 2018, e sancionado pelo prefeito Marcelo Crivella. Para Heloísa Sermud, Chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Educação, que participou desta edição do seminário, é fundamental discutir o tema na escola e levar o assunto para as rodas de conversa do dia a dia.

- Precisamos trilhar o nosso trabalho na formação dos alunos. Desde muito novos eles estão conosco e precisam entender que devem tratar as mulheres com respeito e educação. Para enfrentarmos o problema, precisamos promover ações e levar o tema para dentro da sala de aula. Assim vamos construir uma sociedade mais igualitária, justa, humana e fraterna - disse Heloísa Sermud.

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, acredita que para que haja maior conscientização sobre o enfrentamento ao combate à violência contra a mulher é importante debater o assunto, principalmente com a ala masculina.

- Levar para o espaço escolar o debate sobre a igualdade de gêneros e de respeito às mulheres, na perspectiva de estimular a cultura da não violência, garantindo a divulgação da Lei Maria da Penha, é uma pauta que tem que ser constante e latente na nossa rotina – ressaltou.

Também estiveram presentes no seminário a subsecretária de Políticas para a Mulher da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Joyce Braga; a representante do Comitê de Gênero da Educação, Waléria de Carvalho, e Carla de Araújo, promotora do Ministério Público, que lançou o livro "As Marias do Brasil" sobre casos de violência doméstica.

No próximo dia 13, o Seminário será realizado na Universidade Estácio de Sá, no Campus de Campo Grande, para professores e servidores da 8ª, 9ª e 10ª CREs.




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Todas as Notícias

Veja as últimas notícias

Mostrando 1 - 4 de 367 resultados.
Itens por página 4
de 92
Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110