Novos professores da Rede Municipal do Rio são recebidos pela secretária municipal de Educação

14/02/2019 18:55:00


Fotos: Hélio Melo

 

Setenta e dois novos professores concursados da Rede Municipal de Ensino concluíram nesta quinta-feira, dia 14/2, o processo de formação realizado pela Escola Paulo Freire (EPF). São 31 convocados, neste ano, para os cargos de Professor de Educação Infantil, e 41 Professores de Ensino Fundamental, que fazem parte do grupo de 800 profissionais que já passaram pelo Acolhimento desde 2018. O objetivo é permitir que estes profissionais iniciem nas escolas alinhados com as práticas, estratégias e projetos da SME para a educação pública carioca.

 

  

 

Neste último dia do processo de Acolhimento, a secretária municipal de Educação, a professora Talma Romero Suane, pediu que os novos professores se entreguem de coração ao cargo que assumiram.

 

- Eu tenho orgulho de pertencer à Rede Municipal de Educação como professora. Passar num concurso muda a vida de uma pessoa. Os professores do Rio de Janeiro encaram uma realidade muito diversa e desafiadora na maior rede educacional da América Latina. Precisamos derrubar os mitos da Educação e garanto a vocês que as portas do meu gabinete estão abertas para recebê-los – disse a secretária.

 

A professora Thayane Mazza, de 26 anos, ficou emocionada com a conclusão do Acolhimento. Formada em Pedagogia em 2016, ela foi nomeada para o cargo de Professor de Ensino Fundamental e lecionará na Escola Municipal Professoranda Leila Barcellos de Carvalho, na Cidade de Deus.

 

- Eu passei em dois concursos anteriormente e perdi a vaga na posse por questões documentais. Fico feliz porque sempre quis ser professora e vou me entregar de coração porque acredito que temos capacidade de mudar vidas – ressaltou a professora Thayane.

 

A Defesa Civil do município do Rio também participou do processo de acolhimento. O Subsecretário de Proteção e Defesa Civil e coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, Edson Tavares da Silva, palestrou sobre percepção, interpretação e decisão. "Foi muito importante passar para frente a cultura da prevenção que deve estar na sala de aula".

 

Ao longo do Acolhimento, os novos professores também conheceram os equipamentos da SME, como o Instituto Helena Antipoff, referência na Educação Especial. O coral Semeando, formado por professores aposentados e ativos na Rede, esteve no palco da EPF entoando canções de compositores brasileiros aclamados, como Cartola e Noel Rosa, entre outros.

 




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Todas as Notícias

Veja as últimas notícias

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110