Prefeitura do Rio inicia campanha contra o Aedes aegypti nas escolas

03/02/2017 17:37:00


O prefeito Marcelo Crivella e os secretários de Educação, Esportes e Lazer, César Benjamin, e de Saúde, Carlos Eduardo de Mattos, se reuniram na manhã desta sexta-feira (dia 3), no Centro de Convenções SulAmérica, com 1.537  diretores de escolas da Rede Municipal de Ensino, para reforçar as orientações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de  zika, dengue e chikungunya.  

De acordo com o secretário de Educação, Esportes e Lazer, César Benjamin, a ideia é transformar todos os 650 mil alunos e 43 mil professores em um grande exército contra o mosquito Aedes aegypti:

 

- Nós estamos pedindo para que cada um dedique 10 minutos por semana para combater água parada na sua casa, quintal e entorno. Isso é que impede que o Aedes se reproduza. Uma ação deste tipo da sociedade é muito mais eficiente que qualquer ação realizada pelo próprio governo. Vamos fazer uma intensa mobilização de conscientização contra esse grande inimigo da sociedade que é o mosquito Aedes – disse.

 

Segundo ele, os especialistas em saúde pública estão alertando para o fato que nossa população já vem tendo contato com a dengue há muitos anos, de modo que boa parte dela desenvolveu anticorpos, e que, no entanto, no ano passado, surgiu um vírus novo, o da chikungunya, para o qual não está preparada.

 

O prefeito Marcelo Crivella acredita que com a ajuda das escolas da Rede Municipal, a cidade dará um passo decisivo para a vitória contra o mosquito:

 

- Indo às ruas, nos três primeiros meses do calendário escolar, levando as mensagens, os folhetos e a nossa instrução para que ninguém deixe água parada que possa ser criadouro do mosquito Aedes, vamos enfrentar essa epidemia – contou.

 

Já o secretário de Saúde, Carlos Eduardo de Mattos, alertou que os mosquitos começam também a fazer criadouros em águas sujas:

 

- É preocupante saber que Odioso do Egito, significado de Aedes aegypti, está ampliando a sua forma de reprodução e que num único dia retiramos 7 mil pneus velhos das ruas - disse ele, acrescentando que 80% do foco de Aedes estão nas residências. 

 

A campanha Aqui mosquito não se cria está sendo feita à pedido da Fiocruz, que ligou o alarme de uma devastadora epidemia de Chikungunya  no Rio, cujo auge ocorrerá entre fevereiro e abril. 

 

Cartas, vídeos de animação, jogos e  material didático fazem parte do arsenal que será usado na campanha Aqui mosquito não se cria, que espera atingir 2 milhões de pessoas logo na primeira semana, por meio dos  650 mil alunos e  60 mil professores e funcionários das escolas.

 

Outras reuniões com professores, alunos e seus pais vão definir o responsável por organizar brigadas de visitas domiciliares no entorno das escolas, ao longo de três meses.

 

Na segunda-feira (dia 6), durante o primeiro tempo de aula de todas as turmas, em todas as unidades da rede, simultaneamente, será apresentada a Carta de Orientações, com informações sobre o combate à proliferação do mosquito, priorizando as diferentes possibilidades de identificação de focos e explorando as medidas preventivas e os sintomas das doenças.

 

Na terça-feira (dia 7), a Multirio vai exibir uma programação especial, ao vivo, via canal MultiRio na Net (26), Web TV e Web Rádio, entre 10h e 12h, com o título "MultiRio com a escola no combate ao Aedes". A orientação é que todas as unidades escolares utilizem como forma de engajamento uma das produções de prevenção e combate ao mosquito causador da dengue, zika e chikungunya da Multirio.

 

Com esse trabalho voluntário, as duas secretarias pretendem mobilizar centenas de milhares de pessoas, que distribuirão cartas e folders com orientações de combate à proliferação do mosquito. Estão sendo preparados, inicialmente, uma primeira tiragem de 3 milhões de folderes sobre as doenças e sintomas. Peças publicitárias (filmes e vídeos) e links da campanha estão disponíveis no Portal Rioeduca (www.rioeduca.net).  




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Todas as Notícias

Veja as últimas notícias

Mostrando 1 - 4 de 417 resultados.
Itens por página 4
de 105
Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110