Medalhista olímpico bate papo com alunos de escola municipal em Santa Teresa

26/04/2019 19:11:00


O jovem Caíque Guimarães, aluno do 6º ano da Escola Municipal Olímpica Carioca Juan Antônio Samaranch, em Santa Teresa, tem apenas 11 anos de idade, mas já sonha em competir em olimpíadas. O garoto confirmou seu desejo durante a visita do medalhista olímpico André Domingos da Silva - detentor de uma medalha de bronze e uma de prata para o Brasil - nesta sexta-feira à tarde, dia 26/4, que conversou com os estudantes durante apresentação do programa Heróis Olímpicos, uma ação em parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, a Caixa Econômica Federal e a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

- Ter um atleta olímpico na nossa escola é um baita incentivo para quem, como eu, quer participar de competições e, quem sabe, alcançar um padrão internacional - disse Caíque ao final da palestra com o corredor dono da segunda melhor marca brasileira nos 100 metros rasos.

O medalhista olímpico conheceu 150 estudantes da unidade referência da Prefeitura do Rio na formação do aluno-atleta-cidadão. As visitas dos campeões olímpicos a escolas municipais cariocas acontecem até a próxima segunda-feira, dia 29/4.

A escola Juan Antônio Samaranch é uma das sete unidades do projeto Escola Municipal Olímpica Carioca (EMOC), um modelo para alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental que integra o esporte e o estudo, implantado pela SME para dar oportunidade a estudantes com aptidões esportivas de desenvolverem seus potenciais ao mesmo tempo em que recebem ensino de qualidade.

André Domingos da Silva pediu aos estudantes do 6º ao 9º anos atendidos pela unidade para que persistam nos seus objetivos na vida.

- Meu primeiro incentivo veio da escola. Foi lá que consegui a minha primeira medalha e a que mais valorizo. Comecei no esporte com muita dificuldade, aos 16 anos e, com 19, já estava no nível olímpico. Vocês conseguem se se esforçarem bastante – afirmou o corredor de Santo André, em São Paulo, que já viajou o mundo: foi aos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992; Atlanta em 1996; Sidney, em 2000; e Atenas, em 2004.

O coordenador de esportes da unidade, Rodrigo France, acredita que a prática esportiva permite que os alunos se desenvolvam em todas as áreas.

- É uma vitória do aluno, mas principalmente do professor, quando vemos nossos alunos se destacarem e é isso que queremos para eles. Ter o atleta na escola permite que eles percebam que também são capazes de realizar os seus sonhos.

 

 

Os encontros já foram realizados nas EMOC Juan Antônio Samaranch, em Santa Teresa; Félix Miele Venerando, no Caju; Dr Sócrates e Ema D'ávila de Camillis, em Pedra de Guaratiba; e Nicarágua, em Realengo. Na próxima semana, as escolas Edmundo Bitencourt, em Benficam e Nélson Prudêncio, na Ilha do Governador vão abrir as portas para a medalhista Thaissa Barbosa Presti. Cada uma dessas escolas é frequentada por cerca de 600 alunos do ensino fundamental.

 

 

Sobre os campeões olímpicos

Arnaldo de Oliveira Silva

Nascido na cidade do Rio de Janeiro, Arnaldo Oliveira participou dos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, Seul, em 1988, Barcelona, em 1992, e Atlanta, em 1996. Nessa última participação, conquistou a medalha de bronze com a equipe brasileira do revezamento 4x100m. Em 2007, fundou na capital fluminense o projeto social Futuro Olímpico.

André Domingos da Silva

André Domingos é dono da segunda melhor marca brasileira da história nos 100m rasos. O paulista de Santo André participou dos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992, Atlanta, em 1996, Sidney, em 2000, e Atenas, em 2004. Como parte das equipes brasileiras do revezamento 4x100m, conquistou as medalhas de bronze, em Atlanta, e prata, em Sidney.

Thaissa Barbosa Presti de Lima

A paulistana Thaissa Barbosa Presti começou a correr no Japão, onde morou dos dois aos dez anos. Nos Jogos de Pequim, em 2008, integrou a equipe brasileira que ficou em quarto lugar no revezamento 4x100m. Em 2016, com a descoberta do doping das medalhistas de ouro russas, o Comitê Olímpico Internacional deu às brasileiras a medalha de bronze.

Programação

EMOC Dr. Sócrates recebe medalhista Arnaldo Oliveira

Quarta-feira, 24/4/2019 – 10h

EMOC Ema D'ávila de Camillis recebe medalhista Arnaldo Oliveira

Quarta-feira, 24/4/2019 – 13h30

EMOC Félix Miele Venerando recebe medalhista Arnaldo Oliveira

Quinta-feira, 25/4/2019 – 10h

EMOC Nicarágua recebe medalhista Arnaldo Oliveira

Quinta-feira, 25/4/2019 – 14h

EMOC Juan Antônio Samaranch recebe medalhista André Domingos

Sexta-feira, 26/4/2019 – 14h

EMOC Edmundo Bitencourt recebe medalhista Thaissa Barbosa Presti

Segunda-feira, 29/4/2019 – 10h

EMOC Nélson Prudêncio recebe medalhista Thaissa Barbosa Presti

Segunda-feira, 29/4/2019 – 14h

 

Serviço

Parceria SME e Caixa Econômica Federal

Programa Heróis Olímpicos CAIXA

Visita a centros de ensino do projeto Escola Municipal Olímpica Carioca (EMOC)

De 24 a 29 de abril

EMOC Edmundo Bitencourt - Rua Lopes Trovao, 287 – Benfica

EMOC Juan Antônio Samaranch - Rua Marcel Proust, 201 - Santa Teresa

EMOC Félix Miele Venerando - R. Carlos Seixas – Caju

EMOC Nélson Prudêncio - Estr. do Rio Jequiá, S/n - Pitangueiras - Ilha do Governador

EMOC Dr Sócrates - Rua Bidú Sayão, S/N - Pedra de Guaratiba

EMOC Ema D'ávila de Camillis - R. Várzea da Palma, S/N - Pedra de Guaratiba

EMOC Nicarágua - Av. de Santa Cruz, 1015 - Realengo




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110