Consagrado mundo afora, Rene Silva começou em ‘jornal’ de escola municipal

07/10/2019 17:36:00


Fonte: Revista Gol

O carioca Rene Silva, 25 anos, morador do Complexo de Alemão, está na capa da Revista GOL, contando sua história de sucesso para todos os leitores e passageiros desta publicação da companhia aérea. Dono do Jornal Voz das Comunidades, figura na lista dos cem negros com menos de 40 anos mais influentes do mundo, realizada pela organização Most Influential People of African Descent (Mipad), de Nova York. Na reportagem, uma das pessoas que foi entrevistada é a secretária Municipal de Educação, Talma Romero Suane. O motivo? Talma era a diretora da Escola Municipal Alcide de Gasperi, onde Rene estudava na comunidade e uma de suas maiores incentivadoras. Foi a criadora de um jornal interno, para a comunidade escolar, e quem ‘iniciou' Rene como ‘jornalista', onde o menino começou a escrever com 10 anos de idade.

- Ele era muito pequeno. Só topei porque vi que era um menino diferente, antenado com a questão da escrita - lembra Talma Romero Suane em trecho da reportagem da revista.

Em pouco tempo, Rene teve uma ideia: por que não fazer um veículo daqueles na região onde vivia? Foi assim, aos 11 anos – e sem recurso nenhum –, que criou o jornal Voz da Comunidade. "Ele me perguntava: ‘De quanto vai ser nossa tiragem?'. Que menino fala isso nessa idade?", recorda Talma, que, novamente, o ajudou – destaca o texto da Revista GOL.

E a reportagem dá mais detalhes. A primeira edição teve suas cem cópias distribuídas pelo próprio Rene, juntamente com sua "equipe" na época: um irmão, dois primos e uma vizinha. Aos poucos, o projeto foi ganhando força. Anos depois, Rene ganhou outra dimensão. Em 2010, policiais e militares, em grande número, fizeram uma operação gigantesca no Alemão, onde vivem cerca de 400 mil pessoas, segundo o censo deste ano. Rene, então com 17 anos, da sala de casa, começou a narrar em seu perfil no Twitter o que via pela janela: "As pessoas que me conheciam começaram a perguntar se eu estava seguro". A repercussão daquela ‘cobertura' foi destaque na imprensa internacional. E Rene virou um cidadão do mundo, convidado para palestras no exterior. 

E tudo começou na Escola Municipal Alcide de Gasperi, em Higienópolis, área carente do Rio de Janeiro, sob a batuta da então diretora Talma Romero Suane, hoje secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro, que hoje lidera um trabalho com números impressionantes – são 1.540 escolas na rede, cerca de 640 mil alunos e quase 40 mil professores.... 

Fica a reflexão – sempre vale a pena trabalhar com dedicação e qualidade. Naturalmente, os numerosos talentos da maior rede municipal de ensino da América Latina poderão desabrochar e conquistar o mundo, mostrando o que temos de melhor: a criatividade e a vontade de crescer, de representar o Brasil com qualidade e conhecimento. Parabéns, Rene. Que a sociedade reconheça ainda mais os ‘Renes' que ainda estão para brilhar e já são uma realidade nas escolas municipais. Leia a reportagem




56_INSTANCE_en5I 56_INSTANCE_en5I p_p_id_56_INSTANCE_en5I_


Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova - 20211-110