Estrutura


 

Paulo Amendola
Secretário

 

Coronel PM reformado, o secretário municipal de Ordem Pública é formado em Direito e construiu uma carreira diferenciada na área de segurança pública. Entre as principais atuações, passou por diversas unidades da PM, Secretaria de Estado de Segurança e Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. No operacional, Paulo Amendola criou o Bope (Batalhão de Operações Especiais), unidade que comandou por dois anos. Em sua primeira passagem pela Prefeitura do Rio, implantou a Guarda Municipal por ele comandada de 1993 a 2000. Em seguida, fundou e presidiu o Conselho Nacional das Guardas Municipais, presidindo também a Associação Fluminense das Guardas Municipais.

 

Como resultado das expressivas realizações na segurança pública, Paulo Amendola prestou uma série de consultorias e foi comentarista em diversos veículos de comunicação. Nos livros "Segurança Pública: a proposta de como aumentar a capacidade preventiva da Polícia" e "A Administração Municipal e a Segurança Pública", registrou parte de sua experiência que lhe rendeu reconhecimentos como as medalhas Pedro Ernesto (maior insígnia da Câmara Municipal do Rio de Janeiro) e Tiradentes (mais alta comenda da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro). 

 

 

Subsecretário de Operações

Wolney Dias
 

Subsecretário de Gestão

Jorge Gazeta
 

Subsecretário Executivo

Diego Braga
 

Subsecretário de Proteção e Defesa Civil

Edson da Silva
 
 

Órgãos vinculados e titulares:

 
Guarda Municipal  do Rio de Janeiro (GM-Rio) – Inspetora Geral Tatiana Mendes 
 
Coordenação do Programa Rio+Seguro - Lúcio Flávio Baracho 
 
Coordenadoria Especial de Transporte Complementar (CTEC) – Marcelo Ambrósio
 
Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer) – Carlos Alberto Ferreira
 
Coordenadoria de Apoio Aéreo – Valéria Olivieiri
 
Coordenadoria de Cuidado e Prevenção às Drogas – Douglas Marques Correa
 



Serviços Serviços

 

Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro