MITOS E VERDADES

06/10/2017 14:16:00


 
 
 
Os benefícios assistenciais do Previ-Rio serão cortados?
                                             
Os auxílios e benefícios do Previ-Rio que têm inscrições permanentemente abertas  estão mantidos e sendo pagos regularmente.  Tanto os benefícios continuados - como Auxílio Moradia e Auxílio Medicamento - como os pagos uma vez só, como é o caso do Auxílio Funeral, Auxílio Natalidade e Auxílio Adoção, estão todos normalizados. 
 
Além disso, todos os pecúlios Post Mortem deferidos relativos ao primeiro semestre já foram pagos, restando apenas os processos relativos aos dois últimos meses.
 
Apenas o Auxílio Educação - que engloba o Previ-Educação, o Previ Material Escolar e o Previ Creche - não teve inscrições abertas este ano, mas está mantido. 
 
Por decisão do Conselho de Administração não haverá mais o Auxílio Material Escolar, uma vez que este já está contemplado no Previ-Educação. Da mesma maneira, decidiu-se pelo fim do Auxílio Órtese e Prótese-  que não é concedido desde 2007 -  e que, por ser de difícil implementação, nunca foi regulamentado adequadamente.
 
Já o  Auxílio Bolsa Estudo, voltado a pensionistas estudantes menores de 24 anos - uma compensação da antiga extensão da pensão, proibida por Lei Federal -, não permitirá novas adesões, mas quem já está recebendo continuará até completar 24 anos.
 
 
 
A Creche Institucional Dr. Paulo Niemeyer vai acabar?
 
Ao contrário do que alguns têm dito, a Creche Institucional Dr.Paulo Niemeyer, que atualmente atende a 167 filhos de servidores, não irá, de forma nenhuma,  acabar. Sua gestão será apenas transferida, do Previ-Rio para a Secretaria Municipal de Educação (SME).
 
Todos os alunos dependentes de servidores que hoje estão matriculados na creche continuarão estudando normalmente, até completarem o seu ciclo.
 
Em contrapartida, o Previ-Rio poderá continuará a pagar o  auxílio-creche a mais de 3 mil servidores que têm direito ao benefício.