Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

 

 


 

Guarda Municipal regulamenta manual de tratamento e abordagem a pessoas com deficiência

01/12/2017 09:54:00


A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) regulamentou o Manual de Tratamento e Abordagem a Pessoas com Deficiência em publicação no Diário Oficial desta sexta-feira (01/12). O manual passa a integrar os Procedimentos Operacionais Padrão (Popa) da instituição, que são documentos normativos com orientações para auxiliar guardas nas ações nas ruas, em tomadas de decisão que exigem pró-atividade e conhecimento da legislação.

 

O documento traz informações sobre cada tipo de deficiência e a correta a abordagem em situações emergenciais ou mesmo corriqueiras, como o auxílio a um cadeirante que esteja com dificuldade de atravessar a rua, e também orienta sobre os diretos da pessoa com deficiência em relação a mobilidade, gratuidades e prioridades de acesso ou utilização de serviços públicos, tendo em vista que a GM-Rio atua diariamente nas ruas da cidade e tem como uma de suas atribuições garantir este tipo de direito. Já faz parte da rotina operacional, por exemplo, a fiscalização do uso correto das vagas especiais em estacionamentos, com ações diárias nas vias da cidade e também em estabelecimentos públicos e privados de uso coletivo, como shoppings e supermercados.

 

Em relação ao tratamento e à abordagem direta às pessoas, o manual desmistifica mitos comuns, como a ideia de que pessoas com deficiência sempre necessitam de ajuda para executar as tarefas diárias, orientando os guardas municipais a perguntar antes se a pessoa abordada realmente necessita de auxílio. Também orienta sobre a correta forma de prestar o auxílio que a pessoa necessite. No caso das pessoas cegas ou com deficiência visual, por exemplo, não deve-se gritar para comunicar algo, também não pode distrair o cão-guia. No caso dos cadeirantes ou pessoas que usam bengala ou muleta, nunca se deve apoiar nos objetos, pois podem desequilibrar a pessoa, pois os acessórios acabam se tornando a extensão do corpo, entre outras dicas.

 

 

Treinamento humanizado

 

Além do manual, a GM-Rio também desenvolve diversas ações visando orientar um tratamento humanizado e especializado entre o efetivo. No ano de 2015, guardas municipais receberam treinamento de técnicos da Gerência de Inclusão no Mundo do Trabalho da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, por  meio de palestras de sensibilização e capacitação para que os guardas auxiliarem com segurança as pessoas com deficiência, no cotidiano da cidade ou em situação de conflito e também promover e ampliar a inclusão de pessoas com deficiência nos espaços públicos e privados. 

 

Os alunos também passaram por dinâmicas vivenciais, com utilização de bengalas, vendas e cadeiras de rodas, para experimentar os desafios pelos quais uma pessoa com deficiência enfrenta no dia a dia. 




Serviços Serviços