Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

Hospital Miguel Couto ganha Setor de Endoscopia e Colonoscopia

08/02/2017 13:56:00  » Autor: Flávia David / Fotos: Edvaldo Reis e Lemuel Gonçalves


Os pacientes do Hospital Municipal Miguel Couto contam agora com uma área específica para a realização de exames de endoscopia e colonoscopia. Inaugurado nesta quarta-feira (08/02), pelo prefeito Marcelo Crivella, o Setor de Endoscopia e Colonoscopia Dr. Edison Paixão terá capacidade de realizar cerca de 130 exames de endoscopia e 40 de colonoscopia por mês. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os dois procedimentos estão entre os dez com as maiores filas de espera no sistema de regulação, com mais de quatro mil pessoas aguardando para fazer um dos exames. O novo setor tem ainda um espaço de repouso pós-procedimento.

 

O hospital já realiza os dois exames, mas, com a inauguração, a capacidade de realização de endoscopias digestiva será 30% maior, enquanto a de colonoscopia dobrará.

 

- Essa inauguração visa diminuir, não apenas a fila, mas o tempo de espera dessas pessoas. Até esta quarta-feira, o centro cirúrgico era utilizado para esses exames. Então, em um ato de gestão interna, o liberamos para ajudar em novas cirurgias, passando a endoscopia e a colonoscopia para um setor reservado especificamente para esses procedimentos. Acreditamos que isso vai ajudar, e muito, as pessoas que precisam passar por esses exames, tão importantes para o diagnóstico de tumores do aparelho digestivo - disse o secretário municipal de Saúde, Carlos Eduardo de Mattos.

 

A inauguração do Setor de Endoscopia e Colonoscopia Dr. Edison Paixão faz parte das ações da Secretaria Municipal de Saúde voltadas à redução das filas do Sistema de Regulação do município (SISREG). Atualmente, aproximadamente 140 mil pessoas aguardam datas para realizar algum procedimento na rede pública, seja cirúrgico, consultas ou exames. Com os esforços da nova gestão municipal, já foi possível abrir vagas e acelerar a realização de procedimentos em serviços com maior demanda.

 

- Como usuária frequente de uma unidade pública de saúde, só me resta comemorar. Os pacientes mereciam ser tratados com respeito, carinho e boas instalações. Ver tudo isso acontecendo agora é motivo de grande alegria. Esse novo setor, além de ter ficado muito bonito, vai ajudar muita gente, principalmente os que aguardam em filas intermináveis para fazer um exame - disse a dona de casa Josefa de Assis Faria, de 53 anos.

 

A SMS está reordenando as filas e agendas de hospitais da rede própria e estabelecendo parcerias com hospitais universitários e federais. Com isso, foi possível aumentar a oferta de serviços em unidades como o Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, e os hospitais universitários Gaffrée e Guinle, da Unirio, e São Francisco de Assis, da UFRJ, além do próprio Miguel Couto.

 

A inauguração do Setor de Endoscopia e Colonoscopia reuniu, além de funcionários da unidade de saúde, familiares do homenageado. Nascido no Rio de Janeiro, em 1948, o médico patologista Edison Rodrigues Paixão formou-se pela Faculdade Nacional de Medicina (UFRJ) em 1973 e ingressou nos quadros do Hospital Miguel Couto seis anos depois. Dirigiu a unidade entre os anos de 1996 e 2004. Faleceu em 2016, pouco depois de lançar o livro "Saúde pública - entre deuses e demônios", no qual faz uma reflexão sobre as políticas públicas de saúde.




Serviços Serviços