Guarda Municipal do Rio de Janeiro - GM-Rio
Guarda Municipal do Rio participa de reunião com Gabinete de Intervenção Federal

27/09/2018 16:06:00


A Guarda Municipal do Rio participou, na manhã desta quinta-feira, dia 27, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), de reunião com o Gabinete da Intervenção Federal e representantes de outras 18 Guardas Municipais da Região Metropolitana do Rio e do interior do Estado, para tratar da integração entre as forças municipais de segurança.

 

Na abertura da reunião, o secretário-adjunto de Intervenção Federal, o general Paulo Roberto Rodrigues Pimentel apresentou o plano de trabalho do gabinete com as ações realizadas e os resultados obtidos, como a redução de 20% do índice de roubos de carga no mês de agosto em relação ao mesmo período em 2017. Pimentel ressaltou a importância do trabalho das Guardas Municipais em colaboração à Intervenção Federal e também em apoio a ações integradas com a Polícia Militar.

- Existem pontos de colaboração que podemos firmar com as Guardas Municipais, que contribuirão muito para a melhora do nosso trabalho porque todas as questões relativas à segurança começam e terminam nos municípios. A reunião de hoje também é importante para que possamos trocar ideias com vistas a estabelecer protocolos de cooperação com as Guardas no controle de ações de segurança, com cada instituição contribuindo da melhor forma para o sucesso deste trabalho – afirmou o general.

 

A comandante da GM-Rio, inspetora geral Tatiana Mendes, apresentou a estrutura da instituição aos presentes, com informações sobre efetivo, unidades, grupamentos especiais e ações sociais implementadas e encerrou dizendo que as Guardas Municipais podem colaborar muito com o Gabinete de Intervenção Federal e com o Estado para reduzir os índices de violência.

 

- Os municípios têm grande parcela de responsabilidade na promoção da segurança da população. Acreditamos que as Guardas Municipais podem contribuir muito na questão preventiva deste problema. Estamos trabalhando no Conselho Estadual de Guardas Municipais a necessidade de capacitação maior das instituições e a ampliação dos trabalhos sociais que são desenvolvidos. Isso é essencial para trazer a família e a comunidade para perto da gente. Assim, capacitados e unidos no mesmo objetivo podemos fazer uma cidade e um Estado melhor – afirmou a inspetora, que também é presidente do Conselho Estadual de Guardas Municipais e vice-presidente do Conselho Nacional de Guardas Municipais.

 

Além do Rio de Janeiro, estavam representadas Guardas dos municípios de São Gonçalo, Duque de Caxias, Niterói, Belford Roxo, São João de Meriti, Magé, Itaboraí, Mesquita, Nilópolis, Maricá, Queimados, Itaguaí, Rio Bonito, Cachoeiras de Macacu, Guapimirim, Paracambi e Tanguá.


Imagens relacionadas: