Guarda Municipal do Rio de Janeiro - GM-Rio
Guarda Municipal realiza curso de capacitação forense para servidores da Corregedoria

02/09/2019 14:05:00


A Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) realizou no sábado, dia 31, o 1º Workshop de Atualização Forense para servidores da Corregedoria. Realizado no auditório da sede, em São Cristóvão, evento é fruto de acordo de cooperação firmado com a Liga Acadêmica de Ciências Forenses (LACForense) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e teve o objetivo de capacitar servidores que atuam no desempenho de serviços correicionais, visando o aperfeiçoamento e a especialização. A capacitação contou com 75 participantes entre funcionários da Corregedoria, Diretoria de Recursos Humanos, Diretoria de Operações, além de estudantes da UFRJ.

 

Ministrado por mestres e profissionais da Lacforense, o workshop proporcionou aos servidores da Corregedoria conhecimentos específicos relacionados à perícia, preservação de locais de investigação e de provas, além de passar um olhar técnico em casos complexos de atuação da Corregedoria, como os que envolvem viaturas da GM-Rio, utilização inadequada dos instrumentos de menor potencial ofensivo, entre outros processos de competência do setor.

 

Após credenciamento e café da manhã realizado às 8h, foi ministrada a primeira palestra com a presidente da Lacforense, Ludmila Alem, que falou sobre “Papiloscopia Forense”, área da criminalística que estuda identificação humana, muito importante para solução de crimes. A segunda palestra foi ministrada pela perita judicial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), Daniella Bandeira, que falou sobre a “Documentoscopia”, área da criminalística que estuda os documentos e verifica se são ou não autênticos.

 

No período da tarde, aconteceu mais duas palestras, a primeira com o perito criminal militar do Exército Brasileiro, Carlos Alberto de Almeida, que falou sobre “Perícias em Acidentes de Trânsito” e, por fim, a biomédica e mestranda em genética forense pela UFRJ, Ana Beatriz Gonçalves, abordou o tema “Local do Crime” e falou sobre os vestígios biológicos deixados nos locais de crimes, seu interesse forense e as etapas do processo de identificação da autoria.

 

O Workshop contou com participação do assessor especial da inspetoria geral, inspetor Cláudio Figueiredo, do diretor de recursos humanos, inspetor regional Júlio Clemente, do gerente de assuntos internos da Corregedoria, inspetor Maxliber Pires, e do inspetor corregedor Pedro Filho, que falou sobre a importância da parceria com a UFRJ.

 

- A realização deste Workshop é um marco para a Guarda Municipal, pois conseguimos colocar guardas municipais e estudantes universitários de várias áreas debruçados sobre um tema muito importante para o nosso trabalho na Corregedoria. Este foi o primeiro passo de uma grande parceria que visa proporcionar conhecimentos amplos em ciência forense aos nossos servidores, bem como a troca de informações com acadêmicos, mestres e doutores nesta área – afirmou o inspetor Pedro.

 

Criada pelo decreto de nº 23.735, de 28 de novembro de 2003, a Corregedoria é responsável por efetuar a correição e a inspeção das atividades nos órgãos integrantes da estrutura organizacional da Guarda Municipal do Rio. Para desempenhar essa função, os servidores lotados na Corregedoria e em suas gerências apreciam representações encaminhadas relativas à atuação dos servidores e instauram sindicâncias e processos administrativos disciplinares, cujas decisões são submetidas à Inspetoria Geral. A Corregedoria também é responsável pela aplicação das penas disciplinares na esfera de sua competência.


Imagens relacionadas: