Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro

 

PROJETO “MODOS DE PENSAR” PARA PROFESSORES DE 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DA SME/RJ

28/02/2019 14:14:00


A Gerência de Fomento à Pesquisa e Avaliação Externa (GFPAE), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), propõe a realização de um projeto de pesquisa voltado à compreensão do impacto que a concepção de inteligência dos professores provoca nos resultados de seus alunos. Diversos estudos na área de teoria da inteligência indicam que estudantes que compreendem a própria inteligência como flexível possuem maior motivação para o estudo e, portanto, melhores resultados. Do mesmo modo, as concepções que os professores mantêm sobre a sua inteligência impactam suas atitudes.

 

 

 

Apresentação do projeto "Modos de Pensar" às GEDs e Gestores das Unidades Escolares

 

 

No dia 12 de fevereiro deste ano. o projeto, cujo estudo busca analisar a ligação entre mudanças nas concepções de inteligência dos professores e os resultados dos estudantes, foi apresentado às Gerências de Educação (GEDs) e gestores escolares.

 

Será oferecida, na Escola de Formação Paulo Freire, uma formação sobre o tema "Modos de Pensar" – organizada pela equipe da professora Tassia Cruz, assim como outros pesquisadores e educadores da Escola de Políticas Públicas e Governo da Fundação Getulio Vargas (EPPG/FGV) e do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (CEIPE/FGV), em parceria com a GFPAE, com o objetivo de apresentar diferentes concepções de inteligência para professores do 5º ano do Ensino Fundamental e seus potenciais na prática em sala de aula.

 

A formação consistirá em 5 oficinas semanais, com diferentes opções de horários para participação. Serão ofertadas 8 turmas e cada professor pode se inscrever na turma/horário que seja mais adequado à sua rotina. Além da oferta da formação, a pesquisa irá coletar informações dos professores e alunos nas escolas através da aplicação de questionários e visitas às mesmas.

Ao final da pesquisa, a FGV apresentará os resultados para todas as escolas inscritas, com um manual desenhado para oferecer suporte na aplicação dos aprendizados sobre os modos de pensar, além de formas de utilizar teorias de concepções de inteligência na prática em sala de aula, tendo como objetivo impulsionar o aprendizado dos estudantes.