Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual - CEDSRIO

 


Nélio Georgini
Coordenador Especial da Diversidade Sexual 

 

 

 Assumimos a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual do Rio de Janeiro (CEDS-RJ) no dia 17/01/2017, estamos com a responsabilidade de cumprir o dever constitucional de respeitar o PRINCÍPIO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA no que concerne especificamente a pasta voltada para a comunidade LGBTT. Respeito, então, virou não somente uma palavra, mas um conceito que abarca toda a população da Cidade Maravilhosa. Rio+Respeito virou o slogan do momento. Nossa equipe trabalhou dia e noite para que cumpríssemos várias exigências do Plano Nacional de Direitos Humanos e tantos outros Tratados Internacionais que o Brasil é signatário. Para citar duas: 1) Prevenção e; 2) Visibilidade.

 Quando se fala em Prevenção, focamos a realidade de vulnerabilidade de nossa população no que concerne as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Tal trabalho de prevenção vem cumprir normas internacionais. Para cumprimento dessas metas, o Ministério da Saúde conduz as ações que, por questões constitucionais de competência concorrente, também devem ser trabalhadas nos estados e municípios. Portanto, cuidar da prevenção das ISTs é DEVER do município, também. O Rio de Janeiro neste aspecto bateu o recorde de distribuição de materiais informativos e preventivos. O trabalho fora conduzido em parceria com CEDS-Rio e Secretaria de Saúde.

 Ao falarmos de visibilidade, observamos o fato de ter que dar espaço para população LGBTT no âmbito social, ou seja, trabalhamos junto das mídias da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (PCRJ) e, em geral as questões trazidas pela militância e seus representantes. Além de termos que disponibilizar produtos culturais relevantes que possam conscientizar a população sobre a necessidade de todos estarmos juntos para que a cidadania possa ser amplamente exercida. Novamente, neste quesito, a PCRJ foi campeã! Em parceria com a Secretaria de Saúde, disponibilizamos o aplicativo Rio+Respeito que oferece, dentre outras informações,  sobre leis/portarias  LGBTT e até mesmo locais para que se possam fazer tratamentos de saúde.

 Sem falar na Marchinha Rio+Respeito que fora gerida pela Secretaria de Cultura. A Marchinha pode ser escutada por todo RJ. Há muito para ser feito! Quem tem fome tem pressa! O foco da CEDS-RJ a partir de Março/17 será inclusão via Educação e Emprego. Tais aspectos também estão relacionados no Plano Nacional de Direitos Humanos. Para CEDS-RJ serão vitais para PCRJ, que já está cuidando das pessoas desde o dia 01/01/17. Contamos com a participação de todos vocês. Muito obrigado!

 



 Nélio Georgini é Especialista em empreendedorismo e Gestão de Novos Negócios (MBA-FGV-Rio, 2013), Mestre em Interdisciplinar de Linguística Aplicada (UFRJ-2007), Especialista em Língua Inglesa (PUC-Rio, 2003), Bacharel em Letras (Português-Literaturas, UFRJ-2002), Licenciado em Letras (Português-Inglês-UVA-2004). Capacitou-se no Programa Internacional de Seminários em Governabilidade, Gerência Política e Gestão Pública (George Washington University - CAF-FGV-RJ)- 2016.

Serviços Serviços