Rio + Acessível: blitz na Tijuca confere elevadores para cadeirantes em ônibus

Publicado em 24/10/2019 - 15:14 | Atualizado em 24/10/2019 - 16:18
A campanha visa verificar as condições de acessibilidade das pessoas com deficiência nos ônibus. Foto: Divulgação SMDT

Uma blitz na Tijuca, Zona Norte, nesta quinta-feira, 24 de outubro, verificou como está o acesso a cadeirantes em ônibus que circulam no bairro. A ação foi realizada em conjunto pelas secretarias municipais da Pessoa com Deficiência e Tecnologia (SMDT) e de Transportes (SMTR). Foram vistoriados 23 veículos. Três deles, multados, e um outro, lacrado. Foi a segunda edição da campanha Rio + Acessível, iniciada em setembro, na Central do Brasil, ocasião em  que pelo menos 20 ônibus foram autuados pela SMTR, devido a várias irregularidades. A iniciativa será levada a outros bairros.

Fiscais do município acompanharam as condições de acesso de cadeirantes nos ônibus da cidade. Foto: Divulgação/ SMDT

Os agentes da SMTR inspecionaram na Tijuca o funcionamento dos elevadores para cadeirantes, além do estado de conservação dos ônibus. Funcionários da SMDT fizeram panfletagem para conscientizar sobre os direitos da pessoa com deficiência nos transportes públicos.

Durante a campanha, que contou com a presença do secretário da SMDT, Marco San, os próprios motoristas dos ônibus deram ênfase à necessidade de uma capacitação nas empresas, já que muitas vezes eles não têm o preparo adequado para trabalhar com a pessoa com deficiência.

Fiscais distribuíram panfletos de conscientização sobre os direitos das pessoas com deficiências. Foto: Divulgação/ SMDT

– Muitos dos motoristas gritam que não vão pegar cadeirante – contou uma passageira, que pediu para não ter seu nome publicado.

A secretaria está procurando contato com as empresas para iniciar a capacitação dos motoristas até o início do ano que vem.

– É uma campanha fundamental para conscientizarmos a população sobre os direitos das pessoas com deficiência – afirmou Marco San.