Município cede terreno ao Vasco para clube construir centro de treinamento

Publicado em 30/05/2019 - 13:36 | Atualizado em 31/05/2019 - 09:32
Alunos vascaínos de escolas municipais estiveram no Palácio da Cidade junto com garotos da base do clube para acompanhar a assinatura da cessão do terreno para o CT. Foto: Paulo Sérgio / Prefeitura do RioAlunos vascaínos de escolas municipais estiveram no Palácio da Cidade junto com garotos da base do clube para acompanhar a assinatura da cessão do terreno para o CT. Foto: Paulo Sérgio / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, assinou nesta quinta-feira, 30 de maio, com o presidente do Vasco da Gama, Alexandre Campello, a cessão de um terreno de 73 mil metros quadrados em Jacarepaguá, Zona Oeste, para a construção do centro de treinamento (CT) do futebol do clube. A cerimônia foi no Palácio da Cidade, em Botafogo, Zona Sul.

– Cada vez que a gente tiver um treinamento, os meninos correndo de um lado para outro, tenham certeza de que estará gravado para sempre o ato de vocês de construir o CT. Aquilo pertence aos vascaínos. Quando todos lemos a história do Vasco, ficamos encantados. Porque, se temos jogadores negros fazendo sucesso, devemos isso ao Vasco da Gama, que os acolheu. Para que pudéssemos ter a honra de ter jogadores brancos, negros, índios ou descendentes de estrangeiros em nossos clubes de futebol – destacou Crivella. – O Vasco pode contar com a Prefeitura para que ali seja um CT lindo, um orgulho para todos os cariocas – completou o prefeito.

Boa localização, perto da Linha Amarela

A cessão do terreno vinha sendo negociada há pelo menos três anos entre o clube e o município. O futuro CT do Vasco fica próximo à Cidade de Deus e ao Shopping Metropolitano. A localização foi muito elogiada pelos dirigentes vascaínos. É próximo da Linha Amarela; portanto, de fácil acesso desde o estádio de São Januário, na Zona Norte, e também em relação à Barra da Tijuca, onde mora a maioria dos jogadores.

A expectativa do clube é ter o centro todo construído em dois anos, com utilização pelo futebol profissional e pela base. No segundo semestre de 2020, uma parte da construção já deverá estar pronta e disponível para uso.

– O Vasco é um clube de muitas conquistas, e entre elas está a construção de São Januário. Mas o clube precisa olhar para o futuro, e a criação de um centro de treinamento do futebol é fundamental para dar condições ainda melhores aos atletas. O Vasco tem um DNA social, e com certeza teremos parcerias no futuro no sentido de construir ações sociais junto à comunidade do entorno do CT – comentou o presidente do clube, Alexandre Campello.