Xadrez melhora aprendizado e reúne 4 mil alunos de escolas municipais em partidas simultâneas

Publicado em 13/11/2019 - 17:14 | Atualizado em 14/11/2019 - 10:32
Projeto Heróis do Tabuleiro reúne crianças de 7 a 15 anos em jogos simultâneos de xadrez. Secretaria Municipal de Educação usa o jogo de tradição milenar para melhorar o aprendizado em sala de aula. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do RioProjeto Heróis do Tabuleiro reúne crianças de 7 a 15 anos em jogos simultâneos de xadrez. Secretaria Municipal de Educação usa o jogo de tradição milenar para melhorar o aprendizado em sala de aula. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

As aulas de xadrez são uma realidade transformadora na rede municipal de ensino do Rio de Janeiro. Mais de 32 mil alunos de 96 escolas têm pelo menos um tempo por semana de aula para aprender essa arte milenar, surgida no Século VI, na Índia. O jogo entrou no currículo como forma de dinamizar a aprendizagem de alunos com baixo rendimento escolar. Ganhou volume e importância. Nesta quarta, 13 de novembro, mais de 4 mil estudantes enxadristas das escolas da Prefeitura, com idades entre 7 e 15 anos, tomaram conta do pavilhão 2 do Riocentro, em Jacarepaguá, Zona Oeste, para jogos simultâneos. Foi o IX Encontro Anual de Alunos de Xadrez do Heróis do Tabuleiro.

A iniciativa é da Coordenação de Projetos de Extensão Curricular da Secretaria Municipal de Educação (SME). As aulas de xadrez são ministradas por professores de educação física capacitados em metodologia própria do projeto. Ao movimentarem as peças no tabuleiro, crianças e adolescentes abrem suas mentes para novos conhecimentos. E o céu passa a ser o limite.

Pavilhão 2 do Riocentro mais parecia um formigueiro: 4 mil alunos enxadristas de escolas municipais em ação. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio
Pavilhão 2 do Riocentro mais parecia um formigueiro: 4 mil alunos enxadristas de escolas municipais em ação. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio
Concentração, foco, atenção: o xadrez desenvolve a criança e permite melhorias no aprendizado na escola. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio
Concentração, foco, atenção: o xadrez desenvolve a criança e permite melhorias no aprendizado na escola. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio
O programa de ensino de xadrez nas escolas municipais do Rio beneficia mais de 30 mil estudantes. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio
O programa de ensino de xadrez nas escolas municipais do Rio beneficia mais de 30 mil estudantes. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio
A estudante olha para o tabuleiro e analisa seu próximo movimento: o jogo a serviço da educação. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio
A estudante olha para o tabuleiro e analisa seu próximo movimento: o jogo a serviço da educação. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio