Coronavírus: restaurantes populares municipalizados passam a abrir para o jantar

Programa dos Restaurantes Populares beneficia cidadãos diariamente. Foto: Marco Antônio Rezende / Prefeitura do RioPrograma dos Restaurantes Populares beneficia cidadãos diariamente - Marco Antônio Rezende/Prefeitura do Rio

A partir desta quarta-feira (25/03), os restaurantes populares de Bangu, Campo Grande e Bonsucesso vão abrirdas 17h às 20h, para o jantar. O valor da refeição será R$ 2, o mesmo já cobrado no almoço. Essa medida, determinada pelo prefeito Marcelo Crivella como parte das ações para minimizar a crise provocada pela pandemia do coronavírus, vai ajudar, principalmente, trabalhadores autônomos, que terão sua renda comprometida por conta do isolamento. 

O terceiro turno nas unidades não trará despesa para a Prefeitura do Rio, pois será compensado com a diminuição dos frequentadores no horário do almoço. No início do mês, esses três restaurantes populares que eram do governo estadual e foram reabertos pela atual gestão municipal celebraram a marca de quatro milhões de refeições servidas. 

“Estamos orientando a todos os usuários sobre a higiene das mãos, estimulando cada um a lavá-las, antes e depois, de fazerem as refeições, além da utilização do álcool gel, que está disponibilizado em todo o salão. Além disso, adotamos a divulgação de áudio interno e cartazes com medidas de assepsia”, informa Renato Moura,  secretário de Desenvolvimento, Emprego e Inovação, pasta responsável pelo gerenciamento do programa. 

 

Restaurantes adotaram medidas para evitar aglomerações

Os restaurantes populares estão controlando a distância das pessoas nas filas, respeitando o espaço de, pelo menos, um metro. As filas estão sendo feitas do lado de fora das unidades e a entrada controlada para evitar aglomerações. Também estão controlando os lugares das mesas, sempre pulando um banco de uma pessoa para outra. 

Recente pesquisa realizada pela MK Pesquisa e Planejamento mostrou que os restaurantes populares são muito bem avaliados pelos usuários. De maneira geral, 89,6% consideram ótimo ou bom. O preço das refeições é o que mais se destaca na opinião dos frequentadores. Numa escala de 0 a 10, recebeu a nota 9,7. 

Como funcionam os restaurantes?  

Campo Grande foi o primeiro dos três restaurantes populares municipalizados a ser reaberto pela Prefeitura do Rio. Estava fechado desde setembro de 2016. O de Bangu começou a funcionar em agosto de 2017 e o de Bonsucesso em fevereiro de 2018.   

 Juntos, Bonsucesso, Bangu e Campo Grande servem 7.200 refeições por dia. Isso significa  26.400 litros de suco e 115 toneladas de alimentos por mês.    

Os três restaurantes abrem de segunda à sexta-feira para café da manhã, das 6h às 9h, e para almoço das 10h às 15h. O café da manhã custa R$ 0,50 e inclui café, leite, pão e fruta. O almoço, a R$ 2,00, inclui arroz, feijão, carne, salada e sobremesa e uma bebida.

 

Restaurantes populares atingem marca de quatro milhões de refeições, com qualidade e preços baixos