Cultura e Educação assinam termo para investir R$ 4,2 milhões por ano no MAR

Publicado em 05/02/2020 - 18:19 | Atualizado em 16/02/2020 - 15:25
Crédito: Marcelo Regua

A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e a Secretaria Municipal de Educação (SME) assinaram, em cerimônia realizada nesta quarta-feira (05), Termo de Parceria para funcionamento da Escola do Olhar, no Museu de Arte do Rio (MAR), na Praça Mauá. Pelo acordo, a Secretaria de Educação passa a investir, por ano, R$ 4.250.000,00 na instituição, idealizada para atuar como um museu-escola, centro de pesquisas, estudos e difusão cultural.

O secretário municipal de Cultura, Adolfo Konder, ressaltou a importância do Museu de Arte do Rio na formação de professores, estudantes e cidadãos cariocas. “É uma alegria vencer essa etapa e pensar o MAR em um novo patamar. Essa parceria é para construir uma cultura pensando no futuro. É para a cidade do Rio”, afirmou o secretário.

Escola do Olhar

O presidente do Conselho Municipal do MAR, Luiz Chrysostomo, convidou todos a se apaixonarem pelo museu ao contar um pouco do trabalho realizado no espaço. “Esse movimento com a Educação é fundamental, pois somos um museu, mas também somos uma escola. Nenhuma das exposições que trabalhamos, nenhuma peça desse acervo, é feita sem o apoio da Escola do Olhar. É um museu reconhecido internacionalmente pela importância do nosso acervo. São mais de nova mil obras de arte de períodos diversos. Tudo chega por doação. Porque esse museu é uma paixão. E é isso que move o MAR. E que todos os visitantes se tornem apaixonados individualmente por ele.”

Parceria

A chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Educação, Heloisa Sermud Braz, que representou a secretária municipal de Educação, Talma Romero Suane, reforçou a importância das duas pastas caminharem juntas. “Hoje o mundo precisa disso. Fundos, doações, participação efetiva de todo mundo para uma causa comum. A educação não pode andar longe da cultura. Precisamos estar ligados à cultura pela arte.”

O diretor-presidente do Instituto Odeon, Carlos Gradim, fez questão de ressaltar a vocação do museu na área da Educação. “Sempre soubemos que a educação seria a nossa maior vocação. A primeira equipe a ser montada foi, justamente, a da Escola do Olhar, porque entendíamos que era fundamental dialogar com a educação em todas as suas possibilidades.”

Atividades Gratuitas

A Escola do Olhar do Museu de Arte do Rio é um espaço de formação continuada que se propõe estimular e disseminar a sensibilidade e o conhecimento. Além da formação de professores, o projeto realiza uma série de cursos e workshops teóricos e práticos, palestras e seminários nacionais e internacionais para toda a comunidade. Em quase sete anos de existência, o MAR realizou 64 exposições e ofereceu 1370 atividades educativas gratuitas, atendendo mais de 93 mil pessoas.


Também participaram da cerimônia o presidente da Multirio, Cláudio Elias, e Valéria Hazan, diretora-executiva do Comitê Organizador Rio 2020 Capital Mundial da Arquitetura.

Crédito: Marcelo Regua