Servidores terão formação em metodologia para resolução de problemas complexos

Publicado em 09/03/2020 - 10:41 | Atualizado em 09/03/2020 - 15:13
  • Início/
  • /
  • Servidores terão formação em metodologia para resolução de problemas complexos
Turma do PDIA da Fundação João Goulart. Foto: divulgaçãoTurma do PDIA da Fundação João Goulart. Foto: divulgação

A Fundação João Goulart realiza, a partir desta segunda-feira (09/03), o Programa de Formação em Metodologia de Resolução de Problemas Complexos (PDIA). A iniciativa é direcionada para gestores selecionados da Prefeitura e servidores que fazem parte do programa Líderes Cariocas. Eles apresentarão os desafios de seus respectivos órgãos e deverão propor soluções que terão prazo de 30 dias para início de execução. Ao todo, serão 35 agentes públicos trocando experiências com o auxílio de instrutores em encontros que acontecerão na Escola Fazendária do Estado do Rio de Janeiro (ESAFI), localizada no Centro.

– O objetivo do programa é promover a cultura da gestão de conhecimento na Prefeitura e, de forma mais objetiva, apresentar soluções concretas para demandas da nossa cidade. Para isso, vamos explorar o PDIA, que é uma metodologia de diagnóstico, desenho, implementação e avaliação de políticas públicas concentradas em propor alternativas através de grupos interdisciplinares – detalha Ana Claudia Lesçaut, presidente da Fundação João Goulart.

Formação será em sete encontros

Realizado em parceria com o Instituto República, o programa terá 30 horas de duração, divididas em sete encontros apresentados em formato de workshop, ou seja: os participantes terão que lidar com situações práticas desde o começo. Entre os temas estão o fluxo migratório e a questão dos refugiados na cidade, a migração da atenção primária para a administração da RioSaúde e a busca pela melhor eficiência energética da cidade.

Após a estipulação do prazo de 30 dias para apresentação das soluções de cada órgão participante, haverá ainda um período de cinco meses de acompanhamento para reavaliação de diagnósticos e propostas, bem como aprofundamento sobre conceitos trabalhados.

Os instrutores do PDIA serão Arthur Aguillar e Eduardo Kaplan, economistas e mestres em Administração Pública e Desenvolvimento Econômico pela Harvard Kennedy School.