Secretário se reúne com expositores e diz que será feito novo decreto para regularizar feiras de artesanato

Publicado em 13/09/2019 - 17:19 | Atualizado
Reunião debate o futuro das feiras de artesanato no Rio de Janeiro. Foto: divulgaçãoReunião debate o futuro das feiras de artesanato no Rio de Janeiro. Foto: divulgação

Cerca de 200 organizadores e expositores de feiras de artesanato estiveram nesta sexta-feira, 13 de setembro, no Clube dos Servidores da Prefeitura do Rio de Janeiro para uma reunião com o secretário de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos, Felipe Michel, e o subsecretário de Eventos, Raphael Gonçalves. A pauta foi o decreto do ano 2.000, que proíbe as feiras na cidade. Felipe Michel disse que a Prefeitura fará um novo decreto.

– Ontem (dia 12) nos reunimos com a subsecretária da Fazenda, Maria Elisa Werneck, a pedido do prefeito Marcelo Crivella, para resolver essa questão. Vamos buscar autorização nos locais que são viáveis, que não levarão prejuízo à nossa cidade, e faremos a nova legislação junto com vocês – informou.

No final do encontro, foi formada uma comissão com dez representantes de organizadores e expositores, para que, na próxima terça-feira, seja apresentada uma lista com as principais demandas dos feirantes. A partir delas, o novo texto será encaminhado para autorização do prefeito.

– Desde que assumi a Subsecretaria de Eventos, senti esse problema, e desde então estou tentando resolvê-lo, da melhor forma. Podem acreditar que vamos solucionar esse dilema em breve – afirmou Raphael Gonçalves.