Samba-enredo em libras: Prefeitura promove Carnaval inclusivo no Rio

Publicado em 23/02/2020 - 12:57 | Atualizado em 23/02/2020 - 12:59
Central Carioca de Intérpretes de Libras traduziu 13 sambas-enredo. Foto: Divulgação / Prefeitura do RioCentral Carioca de Intérpretes de Libras traduziu 13 sambas-enredo. Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio
Já imaginou os sambas-enredo das escolas do grupo especial traduzidos para libras? Esse projeto virou realidade, graças ao trabalho da Central Carioca de Intérpretes de Libras (CCIL) da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Tecnologia. Tudo em prol de um Carnaval inclusivo, trazendo mais acessibilidade para quem curte a maior festa da cidade.

Para chegar ao Carnaval sem perder pontos no quesito evolução, a equipe técnica da CCIL iniciou no começo deste ano o processo de pesquisas e estudos para traduzir os sambas de cada escola. São 13 ao todo. Em janeiro, por exemplo, houve as gravações e, em seguida, os vídeos foram publicados nas redes sociais da secretaria, por meio do Facebook, do Instagram e do Youtube. 

O material também foi disponibilizado para que as agremiações compartilhassem em seus canais na Internet. Para a coordenadora do CCIL, Vanessa Neves, a iniciativa da tradução em libras rompe qualquer barreira linguística, o que leva mais emoção a todos nesse período de festas. 

– O intuito desse projeto é tornar o Carnaval carioca mais inclusivo, proporcionando a toda comunidade com deficiência auditiva a oportunidade de participar do Carnaval, trazendo a temática de cada escola de samba e compartilhando com cada um deles toda a energia e a emoção do maior espetáculo do mundo – disse. 

A central funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (CIAD) Mestre Candeia, na Avenida Presidente Vargas, número 1997. Para mais informações sobre o serviço, entre em contato pelo telefone 2224-1227 ou pelo e-mail centraldelibras@smpd.rio.rj.gov.br.