Sábado de Carnaval: Rio tem um milhão de foliões nas ruas

Publicado em 22/02/2020 - 19:25 | Atualizado em 22/02/2020 - 19:38
Cordão da Bola Preta levou 630 mil foliões ao Centro do Rio. Foto: Fernando Maia / RioturCordão da Bola Preta levou 630 mil foliões ao Centro do Rio. Foto: Fernando Maia / Riotur
O sábado nem terminou e cerca de um milhão de pessoas animam as ruas da cidade. Só o centenário Cordão da Bola Preta levou 630 mil foliões ao Centro do Rio. Outros 57 blocos desfilam até o fim da noite. Pela manhã, muita empolgação com Céu na Terra; Amigos da Onça; Escangalha e Carrossel de Emoções. À tarde, a festa seguiu com Banda de Ipanema e Barbas, na Zona Sul, e o bloco Elymar para Pular, do cantor Elymar Santos, em Ramos, na Zona da Leopoldina

Na sexta-feira (21), mesmo debaixo de chuva, quase 70 mil pessoas curtiram os blocos. Eram previstos 22 desfiles, mas por conta da chuva três não saíram. Os destaques da sexta foram o Rola Preguiçosa e Carmelitas que arrastaram 30 mil e 18 mil foliões, respectivamente. À noite, na abertura dos desfiles da série A, sete escolas atravessaram Passarela do Samba e empolgaram o público.

Onze mil turistas desembarcam no Píer Mauá neste sábado de Carnaval

Este mês, mais de cem mil turistas chegam pelo mar em 12 transatlânticos. Entre os dias 21 e 24, o Rio recebe mais de 27 mil visitantes, sendo 11 mil apenas neste sábado de Carnaval, em quatro embarcações sendo duas delas internacionais (Buenos Aires e Montevidéu). Há previsão de uma injeção de US$ 30 milhões na economia carioca só no mês da folia. Esta já é considerada a melhor temporada de navios internacionais em 20 anos.

O Rio é o destino número 1 do país no Carnaval entre os turistas e o mais bem avaliado da América do Sul. A Riotur estima que cerca de 7 milhões de pessoas curtirão a folia na cidade sendo 2 milhões de turistas.

– Esperamos 7 milhões de pessoas circulando nos 50 dias de folia. Até agora, mais de 1.6 milhão de pessoas pularam carnaval na cidade. Isso é maravilhoso para o Rio, comprovando que somos desejo entre os turistas – ressalta Marcelo Alves, presidente da Riotur.

Sobre a temporada

De outubro de 2019 até abril de 2020 haverá 112 atracações, 37 navios, sendo 27 internacionais e 10 nacionais. Oito estão vindo ao Rio de Janeiro pela primeira vez. Na última temporada (2018/2019), houve 100 atracações no Píer, com a média de 380 mil turistas, entre passageiros e tripulantes. Nesta temporada, houve um aumento de 12 atracações e 10 navios. Com isso, a previsão de turistas no embarque, desembarque e trânsito passou de 380 mil para 425 mil, o que representa um aumento de 12% em relação à temporada anterior. O número de navios internacionais também aumentou passando de 19 para 27.

Confira a atuação da Prefeitura do Rio na festa:

Comlurb: 61,4 toneladas de lixo

A Comlurb removeu 61,4 toneladas de resíduos dos blocos que saíram sexta-feira e sábado (22), e após os desfiles das Escolas do Grupo de Acesso A, no Sambódromo. Na Intendente Magalhães, em Madureira, foram retirados 7 toneladas de resíduos.

No Sambódromo, foram recolhidas 25.4 toneladas de resíduos, sendo 2,9 t de materiais potencialmente recicláveis. Na área externa, o total de lixo recolhido foi de 16,2 toneladas.

O Lixo Zero emitiu até as 17h de sábado, 196 multas, sendo 182 por urinar em vias públicas, no valor de R$ 607,54 e 14 multas pelo descarte irregular de pequenos resíduos: R$ 221,75. Já foram registradas até 405 infrações, sendo 347 por urinar e 58 por descarte irregular, pelas equipes do Lixo Zero.

223 socorridos em postos pré-hospitalares

Postos pré-hospitalares da Secretária de Saúde  fizeram 223 atendimentos no sambódromo e no desfile do Cordão da Bola Preta. Cinco dos 23 pacientes socorridos nas unidades da Carioca e da Rua Ana Amélia, foram transferidos para hospitais, durante a passagem do Bola. Na primeira noite de desfiles da série A, de sexta para sábado (22), 200 pessoas foram atendidas no Sambódromo. Dezesseis pacientes, com quadros mais complexos, foram transferidos. A SMS tem 11 postos funcionário até o fim da folia, sendo sete na Sapucaí.

Vigilância inspeciona 23 blocos e Sambódromo

A Vigilância Sanitária do Rio retomou às 17h deste sábado (22), as inspeções em bares, lanchonetes, serviços de beleza e camarotes na área do Sambódromo. O órgão distribui folhetos e tem outras atividades educativas no estande do Setor 7, onde há vacinação contra sarampo até as 20h. A meta é imunizar 500 pessoas por dia. 

Técnicos vistoriaram ambulâncias e postos médicos de 23 blocos, resultando em nove infrações. A maioria por falta de licença sanitária das ambulâncias e para o evento, sendo registradas duas multas por ausência de posto médico no Amigos da Onça, na Praia do Flamengo, e por equipe incompleta no Barbas, em Botafogo.

Cinturão de segurança

O mochilink e dois drones, a barreira de segurança adotada pela primeira vez em megablocos, pela Secretaria de Eventos, estão sendo um sucesso. As imagens captadas são enviadas em tempo real ao Centro de Operações da Prefeitura do Rio. Agentes da secretaria chegaram ao Centro ainda de madrugada, para acompanhar a montagem do Cordão da Bola Preta.  

Equipe flagrou bloco não autorizado pela Riotur. O Cordão Umbilical, que fechou a Rua Cesário Alvim, no Humaitá, única passagem das ambulância do Hospital Aluyzio de Castro. Os responsáveis serão multados pela Comlurb, de acordo com a quantidade de lixo recolhida. 

COR em sintonia com foliões

Em conexão direta com os foliões, informando as condições da cidade, o Centro de Operações da Prefeitura do Rio retornou ao estágio de mobilização às 8h30 de sábado (22). O Sistema Alerta Rio indica previsão de chuva fraca a moderada em pontos isolados. Funcionará até dia 1º, no COR, o Comitê de Operação de Carnaval, que integra os órgãos envolvidos na folia. 

Seop reboca 467 veículos

A Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), removeu, neste sábado (22), até as 17h, 255 veículos em toda a cidade. Deste total, 46 remoções ocorreram em áreas de passagem de blocos.

Desde sexta (21), 467 automóveis foram rebocados. O órgão atua com 40 reboques em pontos estratégicos e no atendimento ao canal 1746.

Informações sobre veículos removidos: http://www.rio.rj.gov.br/web/seop/exibeconteudo?id=6840042

CET-RIO

O fechamento de vias e a movimentação de carros alegóricos estão garantindo uma boa folia no Rio. Evitam, desde a abertura oficial do Carnaval, retenções principalmente próximo ao Sambódromo e aos desfiles de blocos. O trânsito fluiu bem no entorno da Marquês de Sapucaí no primeiro dia de desfiles e na passagem do Cordão da Bola, com 630 mil foliões. O engarrafamento próximo à Rodoviária Novo Rio na manhã de sábado (22) não teve relação com as medidas adotadas.

Ao contrário dos anos anteriores, todos os carros alegóricos ficam na Av Presidente Vargas após o desfile e voltam aos barracões após meio-dia. Os carros das escolas que vão se apresentar ficam na pista central da Presidente Vargas, sentido Praça da Bandeira.

SMTR multa 45 no início do Carnaval oficial

Fiscais da Secretaria de Transportes vistoriaram 95 veículos no entorno do Sambódromo na primeira noite de desfiles. Ao todo, 21 multas foram aplicadas por vistoria vencida, estacionamento irregular e direção sem cinto de segurança, entre outras irregularidades.

Na manhã deste sábado (22), a equipe vistoriou 40 veículos perto da Rodoviária e do Píer Mauá. Foram aplicadas 24 autuações.

GM tem 525 guardas no Sambódromo

A Guarda Municipal do Rio atua com 525 guardas por dia na área externa e interna do Sambódromo, incluindo o Terreirão do Samba. Outras equipes atuam nos blocos. Dez motociclistas acompanham o deslocamento dos carros alegóricos. Guardas da 11ª Inspetoria (Parque Madureira) socorreram, neste sábado (22), um homem baleado em tentativa de assalto em Costa Barros. O Grupamento Especial de Praia e Marítimo participou na sexta-feira (21), em cinco ocorrências de furtos e tráfico de drogas na Zona Sul, sendo três flagrantes feitos pelas câmeras da Prefeitura, com imagens enviadas para o COR.

Assistência Social: Proteção para as crianças

Equipes da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos fizeram 1.943 abordagens para distribuição de material informativo e 288 pulseiras de identificação para crianças e adolescentes acompanhados dos pais até a tarde deste sábado (22). O espaço Espaço de Proteção de Crianças e adolescentes está recebendo crianças de 2 a 11 anos e 11 meses, em situações que violam seus direitos. Funcionará até terça-feira (25) e sábado (29), das 18h às 6h. O horário muda só dia 24: das 16h à meia-noite. Na 1ª Coordenadoria de Assistência Social e Direitos, Praça Onze.

Fazenda

A Coordenadoria de Controle Urbano apreendeu 10 credenciais de  promotores de venda não cadastrados nos blocos Cordão do Bola Preta, Carrossel de Emoções e Escangalha neste sábado (22). As ações também resultaram na apreensão de 88 quilos de alimentos perecíveis e 228 itens, entre eles, 134 bebidas alcoólicas em garrafas de vidro.

A Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização identificou publicidades e ações promocionais irregulares em dois blocos. Também notificou um estabelecimento comercial no Flamengo, por ocupação da calçada.